LEON TRÓTSKI

Em 7 DE NOVEMBRO DE 1879 nascia UM DOS MAIORES REVOLUCIONÁRIOS DE TODOS OS TEMPOS, LEON TRÓTSKI – LEON TRÓTSKI , foi o nome que recebeu ao nascer, adotando “Leon Trótski” (nome de um policial que o prendeu) como um pseudônimo em sua vida revolucionária.
Sua obra teórica significa a continuação do marxismo, a teoria revolucionária de nosso tempo.
Depois de Lênin, Trótski foi o principal dirigente da Revolução Russa, organizando diretamente a insurreição que tomou o poder e instalou o Estado Operário Soviético. Durante a Guerra Civil, organizou o Exército Vermelho.
Trótski foi o mais árduo combatente à burocracia stalinista que ascendeu depois da morte de Lênin, sendo perseguido e posteriormente assassinado por ela. Stálin foi seu algoz!
Sua vida foi baseada na defesa incondicional da revolução, do proletariado e do marxismo. Por isso, tem, merecidamente, o título de maior revolucionário dos últimos tempos.

“Épocas reacionárias como a nossa própria não apenas desintegram e enfraquecem a classe trabalhadora e sua vanguarda, mas também rebaixa o nível ideológico geral do movimento e atrasa o pensamento político a estágios há muito tempo já superados. Nestas condições, a tarefa da vanguarda é, mais que tudo, não se deixar levar pela onda reacionária: deve-se nadar contra a corrente. Se uma relação de forças desfavorável impede de manter uma posição que foi vitoriosa, deve-se ao menos manter suas posições ideológicas, porque nelas está expressa a cara experiência adquirida no passado. Os tolos considerarão esta política “sectária”. Atualmente este é o único caminho de preparação para uma nova imensa onda adiante que virá com a maré”

“Grandes derrotas políticas inevitavelmente provocam a reconsideração de valores, geralmente ocorrendo em duas direções. Por um lado a verdadeira vanguarda, enriquecida pela experiência da derrota, defende com unhas e dentes as heranças do pensamento revolucionário e nesta base tenta educar novos quadros para as lutas de massas que virão. Por outro lado, os rotineiros, centristas e diletantes, amedrontados pela derrota, fazem o melhor para destruir a autoridade da tradição revolucionária e andar para trás em sua busca por um ‘Novo Mundo’.” (Trotsky, Estalinismo e Bolchevismo)

Nesta ocasião do aniversário do assassinato de Trotsky, renovamos nossa fé na classe trabalhadora mundial e nas ideias revolucionárias do marxismo. A revolução mundial está agora de volta na agenda. Estamos orgulhosos de termos sobre nossos ombros gigantescas tarefas. Repetimos as palavras da parte final do testamento de Trotsky:

“Eu posso ver a grama verde e brilhante pelo vidro, o céu azul e claro acima do muro, e a luz do sol irradiando todo o lugar. A vida é bela. Deixemos que as próximas gerações livrem-na de todo a mal, opressão e violência, para que todos dela possam desfrutar.”

Stálin sabia que tendo traído a Revolução ele precisava eliminar aqueles que a defendiam e personificavam as ideias do Bolchevismo e da revolução mundial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.