7° Jornada do Patrimônio 2021 – Nossos Lugares, Nossas Histórias

Antes da cidade de São Paulo surgir em meados do século XVI o seu território já era considerado sagrado pelos indígenas por suas características hidrográficas e de biodiversidade. Dentre os diversos rios, nascentes e riachos, está o riacho do Ipiranga, nome de origem tupi que significa “rio vermelho”, e essa região era habitada pelos índios Guaianazes. O riacho do Ipiranga é um território que está presente na simbologia brasileira relacionada à independência do Brasil, como na pintura “Independência ou Morte” de Pedro Américo e nos primeiros versos do hino nacional “Ouviram do Ipiranga as margens plácidas…”. Hoje em dia ao redor de suas margens estão o Parque da Independência e o Museu do Ipiranga, esse que será reinaugurado em 2022 como um dos maiores museu da América Latina.
.
Esse roteiro de memória se debruça sobre esse marco ambiental histórico, as margens do riacho Ipiranga, será no Parque da Independência no dia 11 de setembro, e compõe a programação da 7° Jornada do Patrimônio 2021 – Nossos Lugares, Nossas Histórias. O ponto de encontro é a Casa do Grito as 11 horas, e irá caminhar num cortejo musical até as margens do riacho. Serão fomentados diálogos sobre a trajetória desse território, afim de resgatar através da presença local, dos nossos sentidos e culturas o que insiste em resistir após séculos de interferência humana em aspectos culturais, sociais e ambientais. Participem desse roteiro, compartilhem e contribuam com seus saberes.
.
#jornadadopatrimonio2021
#pequenocircodochoro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.