Mês: julho 2015

Encontro de Dilma com os governadores

"Queria agradecer mais uma vez a presença de todos", encerra o discurso a presidenta Dilma, durante encontro com governadores

“Queria agradecer mais uma vez a presença de todos”, encerra o discurso a presidenta Dilma, durante encontro com governadores –

“O bom caminho é o da cooperação. A maior tecnologia inventada pelo ser humano: cooperar”, Dilma

“Propomos aqui nossa cooperação federativa, centrando esforços na União, estados e municípios”, Dilma

“Vamos tratar do ajuste fiscal e dessa parte relacionada às medidas que possam contribuir para o pacto federativo e para o crescimento econômico”, informou o governador do Piauí, Wellington Dias. Segundo o governador piauiense, o encontro deve ser um momento para discutir condições que viabilizem alternativas para o crescimento econômico e a geração de empregos, “a partir dos ajustes necessários para o país”.

 

 

 

Anúncios

Audiência Pública sobre a Crise Hídrica em São Paulo

crisehirica

Conviver com a falta de água se tornou uma realidade na vida de muitos moradores do estado de São Paulo.

Por isso, Promotores de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo, o Ministério Público Federal, o Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo, o Ministério Público do Trabalho e a Defensoria Pública do Estado de São Paulo promovem audiência pública para ouvir os depoimentos das pessoas afetadas pela crise hídrica.

O evento acontecerá nos dias 20 e 21 de agosto de 2015, das 9 às 19 horas, na sede do Ministério Público de São Paulo: Auditório Queiroz Filho, localizado na Rua Riachuelo, 115.

A finalidade é a produção de provas sobre o alcance da crise e dos prejuízos provocados à população.

COMO PARTICIPAR

A inscrição poderá ser efetuada previamente até as 18 horas do dia 18 de agosto pelo e-mail crisehidrica-npp@mpsp.mp.br, fazendo constar nome completo, RG e, no caso de integrantes dos movimentos sociais, a indicação da entidade ou órgão representativo.

Todas as pessoas que comparecerem na audiência pública poderão se manifestar e indicar expositores, mediante preenchimento da ficha de inscrição no ato.

Veja aqui mais informações no Edital da audiência pública: http://bit.ly/1etGh6V

CONTE E CONVIDE

Convide seus amigos para o evento e nos conte seus problemas com a falta de água nas redes sociais, usando a hashtag #crisehídrica.

 

 

 

Cades Ipiranga realiza 5° edição do concurso de fotografia

Foto de concurso anterior

Foto de concurso anterior

 

 

Para participar é necessário realizar a inscrição na Subprefeitura Ipiranga, ter 14 anos ou mais e residir em um dos três distritos: Ipiranga, Sacomã ou Cursino

 

A Subprefeitura Ipiranga em parceria com o CADES – Ipiranga (Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz do Bairro do Ipiranga) realiza a 5° edição do concurso de fotografia, em comemoração aos 431 anos do bairro.

 

O concurso, que acontece no dia 26 de setembro, às 10h30, no Mercado Municipal, na Rua Silva Bueno, tem como tema “Lixo – Contrastes e Soluções Criativas no Ipiranga”. O objetivo é despertar novos talentos na arte de fotografar e retratar condições ambientais da região, além de divulgar a atuação do Conselho de Meio Ambiente.

 

Para participar é necessário realizar a inscrição na Subprefeitura Ipiranga, ter no mínimo 14 anos e residir em um dos três distritos: Ipiranga, Sacomã ou Cursino.  Lembrando que os menores poderão participar desde que devidamente autorizado pelos pais ou responsável legal e acompanhado destes.

 

Não serão aceitas fotos que já tenham sido publicadas em veículos de comunicação ou em outros concursos. Cada candidato pode enviar até três fotos diferentes, em papel fotográfico no tamanho 20cm x 30cm, em preto e branco ou colorido.

 

Os participantes terão as fotografias analisadas pela comissão julgadora, que será composta por membros do CADES – Ipiranga e por mais três profissionais da área de fotografia, com experiência comprovada. Assim, serão escolhidas três fotografias que serão premiadas com um certificado de participação e um troféu ou medalha, referente ao concurso.

 

As inscrições das fotografias serão recebidas de 01/08/15 até às 16 horas do dia 01/09/2015 na Subprefeitura Ipiranga.

Confira o regulamento

Em coletiva, ministro explica contrato do Gripen

Brasil e Suécia chegaram a um denominador comum para assinatura do contrato de financiamento do projeto Gripen NG. O acordo sobre as taxas foi conduzido pelo ministro da Defesa, Jaques Wagner, em reunião com representantes da agência de promoção e fomento às exportações do país europeu, a SEK, nesta quarta-feira (29).

O Brasil escolheu o Gripen para reequipar a Força Aérea Brasileira (FAB) no fim de 2013 e, em 2014, assinou o contrato comercial. A Força Aérea Brasileira receberá 36 aviões de caça Gripen NG da empresa sueca Saab. A primeira aeronave deverá ser entregue em 2019 e, a última, em 2024.

O Brasil escolheu o Gripen para reequipar a Força Aérea Brasileira (FAB) no fim de 2013 e, em 2014, assinou o contrato comercial. A Força Aérea Brasileira receberá 36 aviões de caça Gripen NG da empresa sueca Saab. A primeira aeronave deverá ser entregue em 2019 e, a última, em 2024.

Ministro da Defesa Jacques Wagner. Fot: José Cruz/Agência Brasil

Ministro da Defesa Jacques Wagner. Fot: José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, deu entrevista sobre o projeto Gripen NG nesta quarta-feira (29), em Ladário (MS), ao participar das atividades da Operação Ágata 9. Wagner anunciou o fim das negociações com a Suécia para a assinatura do contrato do Gripen, após três dias de reuniões realizadas no Ministério da Defesa, em Brasília (DF).

“A solução foi boa para ambos os países. Vamos entrar em um mundo de tecnologia avançada. Dentro de dez a doze dias, vamos ratificar o contrato e teremos mais de 200 brasileiros indo a Suécia para treinamento”, afirmou o ministro.

Jaques Wagner explicou ainda que a taxa de juros, denominador comum entre os dois países, ficou em 2,19% (taxa CIRR). “O contrato já era bom prevendo oito anos e meio de carência e 25 anos para o pagamento”, salientou.

Wagner considerou natural o governo brasileiro ter insistido em reduzir a taxa de juros do contrato. “O Governo não poderia assinar em 2015 um contrato com a taxa de 2014”, disse o ministro referindo-se a queda das taxas de juros na Europa.

Mais do que os caças, o projeto Gripen NG é tecnologia. O contrato envolve o treinamento de pilotos e mecânicos brasileiros na Suécia, apoio logístico e a transferência de tecnologia para indústrias brasileiras.

A aquisição das aeronaves trará benefícios que vão além do aumento da capacidade operacional da Força Aérea Brasileira. Por meio de um ambicioso programa de transferência de tecnologia, o Brasil pretende deixar de ser um comprador para se tornar um fornecedor de aeronaves de combate de última geração.

O contrato prevê a fabricação de 15 das 36 unidades no Brasil, incluindo oito unidades de dois lugares, um modelo criado especialmente para a FAB.

A participação do Brasil no desenvolvimento do projeto dará à indústria aeronáutica brasileira acesso a todos os níveis de tecnologia, incluindo os códigos-fonte do Gripen. O programa de transferência de tecnologia incluirá itens como a integração de hardware, aviônicos, software e sistemas da aeronave, entre outros.

Lad

Alinhamentos preliminares

haddad

Por Gilberto da Silva

Na raia 1, deve largar o Haddad, do PT, que deve tentar a reeleição mesmo diante de inúmeras dificuldades, o Tranquilão deu nesses dias alguns sinais que pode desistir. Duvido…  A ciclovia – garantida pela Justiça – é enorme para ele percorrer, mas tem que ir devagar e de olho nas nova sinalizações. A velocidade abaixou. Se desistir, Padilha? Com ou sem PMDB?

Na raia 2, ainda em formação Marta Suplicy e seus cabelos dourados alinha seus aliados. Já saiu do PT onde comeu seu caviar durante muitos anos. Hoje perambula de bairro em bairro tentando levar consigo – para o PSB/PMDB ou sei lá o que – alguns petistas descontentes com os rumos do petismo. Será que vai funcionar sua estratégia? Ou será uma auxiliar para reforçar a raia 3 ou a raia 4?

Na raia 3, ainda segue firme o “defensor do consumidor” Celso Russomanno eleito para deputado federal em 2014 com 1,5 milhão de votos. O PRB é o seu partido e também é do Bispo Edir Macedo e a sua poderosa Igreja Universal. Espera-se apostas…

Na raia 4, as aves de rapina de alta plumagem ainda não definiram o candidato e estão numa briga interna danada. É um ninho em ebulição. O deputado federal eleito Bruno Covas; o deputado e agora suplente de senador José Anibal; e o vereador paulistano Andrea Matarazzo, ligado ao senador eleito José Serra; Mário Covas Neto, o “Zuzinha”, também vereador em São Paulo e filho do ex-governador Mário Covas (morto em 2001), e o senador Aloyzio Nunes Ferreira são nomes lembrados. Mas sempre tem a pergunta: e o Serra (que sonha também com o Planalto)?

Na raia 5, Penna eterno presidente dos Verdes já posta de candidato e assim deixa para trás seu parceiro ex-tucano vereador Gilberto Natalini.

Na raia 6, Kassab ensaia um candidato próprio ou estuda se abandona o grid de largada para apoiar outra candidatura.

Na raia 7, um novo azarão entra na disputa. Datena o superstar das tardes violentas de São Paulo já montou em seu super cavalo PP para defender São Paulo dos bandidos. Vai chamar Maluf para sua campanha? Ou vem apenas para um corpo a corpo com a raia 3?

Na raia 9, vem o super humano e da nova política Laércio Benko (PHS) que quer reforçar seu território lá no Viaduto Maria Paula.

Outras raias estão a se formar. Temos os cavalinhos de sempre a se alinhar na primeira etapa.

As outras raias ainda estão em formação…. Até lá muitos ganharão musculatura, perderão gordura e costurarão suas alianças. E nós ficamos aqui.

Audiência Pública sobre a crise da água no MP

​​IMG_0868

Promotorias de Justiça e Grupos de Atuação Especial do Ministério Público do Estado de São Paulo, o Ministério Público Federal, o Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo, o Ministério Público do Trabalho em São Paulo a Defensoria Pública do Estado de São Paulo promovemaudiência pública para ouvir os depoimentos das pessoas afetadas pela crise hídrica.

O evento acontecerá nos dias 20 e 21 de agosto de 2015, das 9 às 19 horas, na sede doMinistério Público de São Paulo: Auditório Queiroz Filho, localizado na Rua Riachuelo, 115 Centro São Paulo/SP.

A audiência pública é fase de instrução de inquéritos civis e se destina à produção de provas sobre o alcance da crise. Hoje, mais de 50 inquéritos e ações civis públicas do Ministério Público do Estado de São Paulo tratam de investigações sobre a crise hídrica em diversos temas: rodízio, desperdício, racionamento, qualidade da água, nível dos reservatórios, transparência de informações, improbidade e impacto ambiental.

A audiência pública contará com esclarecimentos técnicos dos seguintes especialistas: Richard Palmer, Antônio Carlos Zuffo, José Galizia Tundisi, Telma Nery, José Roberto Kachel dos Santos e Carlos Bocuhy.

Benedito Domingos Mariano foi nomeado assessor especial

mariano1aO sociólogo Benedito Domingos Mariano foi nomeado hoje (28/07) para exercer cargo de assessor especial no Gabinete da Vice-Prefeita de São Paulo, Nádia Campeão. Mariano foi o primeiro ouvidor da Polícia no Estado de São Paulo (No período de 1995 a 2000) e esteve à frente da Secretaria de Segurança Urbana na gestão da ex-prefeita Marta Suplicy (PT). Foi também secretário na Secretaria de Segurança Pública, em São Bernardo do Campo.

Benedito Domingos Mariano nasceu no dia 11 de fevereiro de 1959, na cidade de Bernadino de Campos, Estado de São Paulo, local onde seus pais trabalhavam na roça desde cedo. Dos treze aos dezessete anos, trabalhou com seu irmão na função de ajudante em uma barraca de feira. Quando ainda era moço, escrevia peças para o teatro amador, tendo, inclusive, recebido premiação por seu trabalho.

Graduou-se em Sociologia, pela gloriosa (por onde eu passei) Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo e tornou-se Mestre em Ciências Sociais, pela PUC de São Paulo.
É um dos fundadores do Movimento Nacional de Direitos Humanos e exerceu os cargos de Diretor-Secretário da Arquidiocese de São Paulo e Secretário Municipal da Prefeitura de Osasco.
Sua trajetória profissional é marcada pelos importantes cargos e funções exercidos, dentre os quais destacamos: Coordenador da Câmara Setorial de Segurança Municipal do Grande ABC; Presidente do Conselho Nacional de Segurança Pública (CONSEMS) e Membro do Conselho Nacional de Segurança Pública (CONASP).

É autor de diversos livros e textos publicados em jornais e revistas.

 

 

TÍTULO DE NOMEAÇÃO 534, DE 27 DE JULHO
DE 2015
FRANCISCO MACENA DA SILVA, Secretário do Governo
Municipal, no uso da competência que lhe foi conferida pelo
Decreto 53.692, de 8.1.2013,
RESOLVE:
Nomear o senhor BENEDITO DOMINGOS MARIANO, RG
10.818.877-2-SSP/SP, para exercer o cargo de Assessor Especial,
Ref. DAS-15, do Gabinete Pessoal da Vice-Prefeita, de provi-
mento em comissão, constante dos Decretos 52.301/2011 e
53.685/2013.
SECRETARIA DO GOVERNO MUNICIPAL, aos 27 de julho
de 2015.
FRANCISCO MACENA DA SILVA, Secretário do Governo
Municipa

Sobre assédio moral

“Poucos têm escrito sobre a violência moral. E a luta se intensifica para se evitar o estabelecimento dessas relações nocivas. À  guisa de complemento ao que acabamos de dizer, admitamos o site P@rtes vem contribuindo de forma eficaz e decisivamente preenchendo essa lacuna. Justo é de se recordar aqui o esforço inestimável de Gilberto Silva editor da revista virtual Partes, cuja relevância está para o esclarecimento, do que seja assedio moral,  as etapas, as razões, seus efeitos e suas implicações para o trabalhador. Donde foram extraídas em parte, as informações utilizadas na feitura do livro “Entre sonhos e Pesadelos” – uma história real de assédio moral.” Ednete Franca

giba
Jornalista formado pela FIAM – SP em 1984 e  Sociólogo formado pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo em 1988. Sociólogo concursado da Prefeitura do Município de São Paulo.

Mestre em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero onde sou pesquisador do grupo de pesquisa Saiba mais’)” >Comunicação e Sociedade do Espetáculo na linha de pesquisa Saiba mais’)” >A Teoria Crítica e a Comunicação na Sociedade do Espetáculo organizado pela Cásper Líbero e coordenada pelo Prof. Dr. Cláudio Novaes Pinto Coelho. Já colaborou em inúmeros jornais e revistas.Foi professor do Estado ( ensino médio) e lecionou em Universidade ( Comunicação)

 

Uma verdadeira história de assédio moral

 

 

Depois de Entre sonhos e pesadelosEdnete Franca nos presenteia com O perigo invisível, obra em que a autora sergipana aprofunda sua narrativa sobre o processo de vitimização que sofreu no seu local de trabalho.

Na trama, Ednete dá nomes aos bois, parte de recordações de uma viagem trágica pela região das montanhas fluminense até chegar ao verdadeiro trauma que impactou a autora e sua família e, com riqueza de detalhes, disseca aspectos do processo de assédio moral que a vitimou no âmbito da Administração Pública Federal. Humilhação, ofensa, terror, preconceito, perseguição, o assédio é um processo que pode ocorrer com qualquer outra pessoa oriunda de qualquer partido político ou administrador público. As esferas administrativas não estão preparadas para trabalhar com as divergências e os conflitos interpessoais. Enquanto muitos ficariam – ou ficam – calados pelo resto da vida, Ednete soube entre sonhos e pesadelos enfrentar o perigo invisível e dar seu forte testemunho, que, na realidade, é uma aula de como os nossos administradores não devem se comportar.

Ednete Franca, assim como acontece com todos os assediados, teve que lutar silenciosamente contra a doença que atormentou seu corpo e sua alma até soltar seu grito sufocado e espalhar pelos cantos do mundo que o assédio moral tem cura. A autora dá dicas sobre os sintomas, processo de cura e de como enfrentar os algozes.

O perigo invisível é um grito de alerta para auxiliar os vitimados pelo assédio moral, mas que sequer imaginam que estão sendo lenta e imoralmente minados e destruídos.

A obra serve tanto para os assediados como para os assediadores e deixa uma dica aos governantes: procurem escolher pessoas mais capacitadas e gabaritadas para ocupar cargos importantes na administração pública, pois não basta lidar com processos e papéis, o fundamental é lidar com pessoas. Saber ouvir, mediar e compartilhar faz parte do serviço público. E respeito é obrigação!

Gilberto da Silva

O livro pode ser adquirido através do site
http://www.allprinteditora.com.br/o-perigo-invisivel?filter_name=Ednete Franca