Santos começa com empate

EC Santo André 2 x 2 Santos FC
Data: 28/02/2021
Horário: 19h00
Gol: Vitinho aos 2min, Jean Mota aos 4min e Gabril Pirani aos 24min do primeiro tempo; Ramon aos 5min do segundo tempo.
Local: Estádio Canindé, em São Paulo.
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Humberto José Junior
Cartões Amarelos: Léo Costa e Rone (ECSA); Sandro e Kevin Malthus (SFC)
ECB: Fernando Henrique; Marcos Martins, Rodrigo, Willian Goiano e Giovanni Palmieri; Wesley Fraga (Léo Costa), Vitinho (Rone), Marino (Paulo Roberto) e Gegê (Rafael Vinícius); Minho e Ramon (Tiago Marques). Técnico: Paulo Roberto Santos
SFC: 
Vladimir; Sandro Perpétuo, Kaiky Fernandes (Robson Reis), Alex Nascimento e Wagner Leonardo; Vinícius Balieiro, Kevin Malthus (Taílson), Gabriel Pirani (Ivonei) e Jean Mota (Bruno Marques); Ângelo Gabriel e Arthur Gomes (Allanzinho). Técnico: Marcelo Fernandes

Paulistão

Mesmo no início de uma temporada cansativa o Paulistão ainda é o melhor campeonato regional no Brasil.

Três partidas fecharam as disputas deste domingo (28) da primeira rodada do Paulistão Sicredi 2021 nesta noite. Destaque para a vitória da Ferroviária diante da Inter de Limeira, pelo placar de 1 a 0, que fez com que o time de Araraquara estreasse com o pé direito. Já São Paulo e Santos começaram sua trajetória no estadual com empates.

Mesmo jogando em pleno Morumbi, na estreia do técnico Hernan Crespo, o São Paulo não conseguiu estrear somando os três pontos. Depois de ver o Botafogo-SP abrir com Dudu loso nos primeiros minutos do segundo tempo, os donos da casa foram para cima e empataram com Arboleda. Nos minutos finais, Daniel Alves até balançou as redes, mas o gol foi invalidado por impedimento.

Quem se deu bem foi a Ferroviária que bateu a Inter de Limeira, no Estádio Brinco de Ouro, pelo placar de 1 a 0, com gol de Bruno Mezenga de pênalti e ficou isolado na liderança do Grupo B, com três pontos. A partida foi disputada em Campinas porque a cidade de Araraquara está em “lockdown” por causa da pandemia do covid-19, com proibição de atividades esportivas.

Por fim, o Santos ficou no empate com o Santo André, por 2 a 2, no Estádio do Canindé, em São Paulo. Vitinho abriu o placar para o time do ABC, Jean Mota e Gabriel viraram para o time alvinegro e Ramon cravou a igualdade no duelo. Com isso, as duas equipes somam apenas um ponto nesta primeira rodada. Fonte FPf

O Último Jogo

Filme nacional ‘O Último Jogo’ é tema de live nas redes do Museu do FutebolO diretor Roberto Studart conversará com criador do CINEfoot, Antonio Leal. O filme estreia no dia 11 de março nos cinemas brasileiros explorando a rivalidade entre Brasil e Argentina com humor e realismo fantástico. Assista ao trailer >
Se um jogo entre Brasil e Argentina é sempre caso de vida ou morte, imagine quando os rivais são, além de tudo, vizinhos de fronteira. Este é o ponto de partida de O ÚLTIMO JOGO, filme nacional com estreia marcada para 11 de março nos cinemas brasileiros, estreia na ficção do diretor Roberto Studart. Para falar dos desafios da produção, ele conversa nesta segunda-feira (1º/3) com o criador do CINEfoot, Antonio Leal, em um bate-papo promovido em parceria pelo Museu do Futebol, a distribuidora Pandora Filmes e o próprio CINEfoot. A conversa acontece nas redes sociais a partir das 20h. Localizado sob as arquibancadas do estádio do Pacaembu, o Museu do Futebol é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. ASSISTA PRIMEIRO! Antes do bate-papo, a Pandora filme vai liberar 130 acessos para assistir ao filme pela internet em primeira mão. A promoção será feita pelas redes sociais do Museu do Futebol e do CINEfoot. No filme, a cidade de Belezura vive da indústria moveleira, mas sua única fábrica está prestes a fechar e todos perderão o emprego. Boa parte do time de futebol trabalha lá. A partida contra os arquirrivais argentinos seria a única chance dos moradores terem uma grande alegria, mas a equipe não vai nada bem e, se nos próximos dias não aparecer um craque, estará perdida. A chegada de um forasteiro, conhecido como ‘O Fantasista’ (Bruno Belarmino), muda tudo. Ele é um craque com a bola no pé, mas ele e sua mulher (Betty Barco) precisam ser convencidos a ficarem até o dia do jogo. Para isso, os moradores inventam uma série de mentiras.Um dos grandes desafios de um filme como este é dar realidade às cenas de jogo, o que Studart conseguiu escalando um elenco de atores bons de bola e figurantes idem, recrutados entre os times de várzea das cidadezinhas em que a produção foi filmada. “Existe um surrealismo no humor desse filme e buscávamos algumas características muito específicas no elenco. Não foi fácil. Alguns personagens precisavam jogar bola, caso contrário, as filmagens seriam um inferno, pelo pouco tempo que tínhamos. É claro que no Brasil isso não é exatamente um problema”, diz o diretor. O resultado são cenas vigorosas, que traduzem a tensão da rivalidade sul-americana com o jogo pegado e cheio de contato físico que costuma marcar as partidas entre Brasil e Argentina.SERVIÇOO ÚLTIMO JOGO – Bate-papo com o diretor Roberto Studart Segunda-feira, 1º de março, 20hGrátisAssista nestes perfis: www.youtube.com/museudofutebolspaulo
www.facebook.com/museudofutebol
www.facebook.com/CINEfoot
www.facebook.com/pandorafilmes 

São Bento 1 x 2 Mirassol

Mirassol estreia com virada em cima do São Bento de Sorocaba e pode ser uma boa surpresa no Paulistão

A equipe do Mirassol treinada pelo Eduardo Baptista venceu seu primeiro confronto fora de casa por 2x 1, de virada, e com ajuda do VAR no lance do pênalti convertido por Fabricio.

Alex Muralha e sua experiência pode ajudar muito a equipe

A partida começou com o Mirassol buscando o gol, mas dando muito espaço na defesa. Na primeira chance de gol, Alex Muralha defendeu chute de Geovane Itinga. Depois, aos sete minutos, o atacante passou por Reniê e chutou forte para colocar o São Bento na frente.

O Mirassol não ficou abalado com o tento e continuou em cima. Daniel Borges deixou tudo igual aos 45 minutos. Ernandes cruzou, Douglas Assis furou e o lateral pegou de primeira, mandando no canto de Luiz Daniel.

Na etapa final, o São Bento voltou marcando em cima, fazendo com que a partida ficasse aberta. Os dois times criaram boas oportunidades. Aos 35 minutos, Pedro Lucas foi derrubado por Douglas Assis dentro da área e o árbitro assinalou pênalti após consulta no VAR. Fabrício deslocou Luiz Daniel e deu a vitória ao Mirassol.

O resultado positivo para o lado mirassolense só aconteceu porque Alex Muralha fez grande defesa no fim do jogo e garantiu os três pontos para o time visitante

O atacante Fabricio, no final, na entrevista ficou emocionado ao lembrar que sua mãe o estimulou pra continuar no futebol

Nota Oficial – VAR – São Bento x Mirassol

Publicado em 27 de fevereiro de 2021, às 18h50

O VAR do jogo São Bento x Mirassol, na rodada inicial do Paulistão Sicredi 2021, apresentou problema técnico na comunicação entre o campo e a sala do VAR por uma falha no equipamento da Hawk-Eye, empresa de tecnologia contratada para a operação. Aos 2min de jogo, o VAR recuperou as imagens. No momento da revisão do lance no ARA, no início da partida, houve nova falha tecnológica da empresa no envio do sinal da imagem para o campo. No entanto, o lance foi revisado da sala do VAR, e as informações e descrições do lance transmitidas ao árbitro em campo. O problema foi resolvido no intervalo, e o VAR voltou a funcionar normalmente até a conclusão do jogo. A FPF solicitou à Hawk-Eye um relatório com esclarecimentos sobre os problemas técnicos ocorridos na partida.

Na abertura da 2ª rodada, o Mirassol recebe o Novorizontino na terça-feira (2), às 19h, no José Maria de Campos Maia. Na quinta (4), o São Bento vai até Itu enfrentar o Ituano, às 15h, no Novelli Júnior.

Djalma Santos 91

Um dos maiores laterais-direitos da história do futebol, Djalma Santos disputou 110 jogos oficiais pela Seleção Brasileira e esteve presente em quatro Copas do Mundo. No ano de 1963, ele foi o único brasileiro a fazer parte da primeira seleção oficial da FIFA.

 

Turismo ferroviário: nova atração de passeio de trem no Brasil

Situado no interior de São Paulo, Trem Republicano faz trajeto entre Itu e Salto, com vagões que narram a história do Brasil

Trem Republicano, nova atração turística ferroviária narra história do Brasil
Créditos: Juca Ferreira

O turismo ferroviário vem crescendo e despertando o interesse de quem busca lazer, aventura e conhecimento. De acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no período de 2004 a 2014 no Brasil, haviam 17 trens turísticos e culturais autorizados. Atualmente, existem 28 roteiros de trens, entre regulares e turísticos no país. Dentre as opções existentes, é possível escolher entre maria fumaça e trens mais modernos, como litorinas. Para completar a variedade de trens no Brasil, a Serra Verde Express, atual concessionária dos trens turísticos na ferrovia Paranaguá-Curitiba, inaugurou o mais novo passeio ferroviário do País: o Trem Republicano, que traz um trajeto repleto de imersão histórica sobre a Proclamação da República.

Iniciado há 15 anos, o projeto turístico segue uma rota de 7,6 quilômetros entre Salto e Itu, no interior de São Paulo, fazendo alusão à Convenção de Itu – primeira convenção republicana do Brasil, datada de 1873. O trajeto, que dura aproximadamente uma hora, já está sendo operado regularmente e, de acordo com o diretor presidente da Serra Verde Express, Adonai Aires de Arruda, é uma das grandes apostas para quem busca um passeio de trem com conhecimento e lazer.

“O Trem Republicano vem com o propósito de trazer um turismo com história, conhecimento e uma experiência que tenta levar o passageiro em uma viagem no tempo. Além disso, acreditamos que ele vem para auxiliar na retomada econômica dos arredores. No entorno de 60 quilômetros, há uma população de cerca de 6 milhões de habitantes, o que nos faz acreditar não só no potencial turístico, mas também na valorização histórica e na pujança econômica da região”, aponta.

As Estações Ferroviária de Salto e Itu foram revitalizadas e estão prontas para receber os turistas. Além disso, o trem tem capacidade para transportar até 140 passageiros, mas irá operar com 50% da capacidade para atender aos protocolos de segurança diante da pandemia. Os vagões também contam com um processo de desinfecção diário por névoas, o que garante eficiência completa por até 72 horas.

Com projeto moderno e aconchegante os vagões são divididos pelos nomes: Anselmo Duarte, Olímpia Fonseca de Almeida Prado e Prudente de Moraes
Créditos: Juca Ferreira

Vagões 

Com um projeto arrojado, moderno e aconchegante, a concepção dos vagões é assinada pela arquiteta Lucille Amaral. O carro Anselmo Duarte é um vagão boutique, que homenageia um dos artistas mais importantes da história do país. Natural de Salto, Anselmo Duarte foi laureado com a Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes pelo filme O Pagador de Promessas. Além de ser sofisticado, o vagão é pet friendly, com adaptações para que animais de estimação possam aproveitar a atração turística junto de seus tutores. 

Outro carro da composição homenageia Olímpia Fonseca de Almeida Prado, esposa de Carlos Vasconcelos de Almeida Prado, republicano envolvido nos movimentos da época. Ambos eram donos do sobrado onde se realizou a Convenção de Itu, em 18 de abril de 1879. O vagão tem acessibilidade, ideal para pessoas com necessidades especiais desfrutarem do passeio.

Já o carro Prudente de Moraes é o vagão convencional, mais econômico, que homenageia o primeiro presidente eleito pelo voto direto depois da Proclamação da República. Prudente de Moraes foi advogado, governante do estado de São Paulo, senador e presidente da Assembleia Nacional Constituinte de 1891. 

O passeio conta com serviços de bordo e guias treinados para contar a história e as curiosidades do Trem Republicano, da Convenção Republicana e Proclamação da República. Os ingressos podem ser adquiridos nas estações ferroviárias de ambas as cidades, no site www.tremrepublicano.com.br e nas agências de viagem parceiras. 

Além de responder pelo novo serviço no interior de São Paulo, a Serra Verde Express opera o passeio ferroviário entre Curitiba e Morretes, que percorre a maior porção contínua de Mata Atlântica preservada no Brasil. Mais de três milhões de passageiros foram transportados durante os 22 anos de operação nessa rota, o que rendeu à empresa premiações nacionais e internacionais, além da nomeação pelo jornal The Guardian como um dos 10 passeios de trem mais espetaculares do mundo.