Autor: Gilberto da Silva

Escrevo, às vezes com raiva, às vezes com medo, tudo que posso: notícias, histórias inventadas, poesias, resenhas, artigos em geral. Assim vou tocando em frente...

Giro da Vitrine 46 com The Beatles

Get Back, Yasmin Dias! Bad Boy, Celso Montal! Help!, Cuca Jorge! Michelle não! Vitrineirxs: All You Need Is Love no Yellow Submarine da Madalena Carvalho. PS: Please Mr. Postman, não esqueça do Homero Massuto!

#tracklist: 1:25 Abertura 2:20 Um pouco de alegria com Ob-La-Di, Ob-La-Da. 4:44 Aniversariantes da Semana 8:14 Lelé em Trânsito 11:26 Datas Especiais: Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa / 16:00 Aniversário da Morte de Bussunda 22:28 Matéria sobre o Dia Nacional do Tambor de Crioula – 18 de junho 26:40 Dicas de Leitura 32:36 Fotos da Semana com Cuca Jorge 45:10 Madalena Carvalho comenta sobre a Vacina contra o COVID-19 52:33 Campanha de Ajuda às Crianças com Câncer por Dee Snider (Twisted Sister) 58:44 Giro da Cultura POP com Homero Massuto: O Assunto Hoje é FUTEBOL 1:13:20 Pilula Fotográfica com Cuca Jorge: Dicas sobre Retratos 1:22:10 Dicas de Um Velho Roqueiro com Celso Montal: The Beatles 1:29:57 Bate papo sobre os Beatles com os Vitrineiros 1:34:08 Campanha “Ler Gibi” 1:36:04 The Beatles e O Mundo das HQs com Homero Massuto 1:40:32 Bate papo sobre o Dia do Cinema Nacional comemorado em 19/06 1:50:55 Museu do Futebol: Edson Arantes do Nascimento (Pelé) 2:01:00 Homenagem ao músico Alberto Nepomuceno, precursor do nacionalismo 2:02:23 Video Clip “Hasta Siempre” com Nathalie Cardone 2:20:35 Considerações Finais

Bolo Cremoso de Abacaxi com Coco Zero Açúcar

Desenvolvido pela Criadora de Conteúdo Culinário Maviane Chiappetta, o bolo clássico é uma excelente sugestão para servir no geladíssimo após as refeições

Desenvolvido com Adoçante Culinária Lowçucar, a receita resulta em uma massa extremamente macia com aquele aroma que se espalha por toda casa enquanto fica pronto. Vamos acompanhar o passo a passo para fazer ainda hoje?

Ingredientes: Doce de Abacaxi:1 abacaxi picado 2 xícaras de água.2 colheres de sopa de adoçante. 

Modo de preparo: Doce de AbacaxiEm uma panela coloque todos os ingredientes e leve ao fogo. Deixe cozinhar por 20 minutos em fogo baixo, desligue e reserve..

Ingredientes: Massa 4 ovos 3 colheres de sopa de Óleo de Coco 4 colheres de sopa de Adoçante Culinária Lowçucar1 xícara de leite morno1 xícara de farinha de arroz1 colher de chá de extrato de baunilha 1 colher de sopa de fermento em pó (rasa)1 xícara de leite de coco diluído em mais 1/2 xícara de leite para umedecer o bolo.50g de coco ralado sem açúcar. 

Modo de preparo: Massa Pré aqueça o forno a 180⁰.Bata as claras até ponto de neve e reserve.Na batedeira, adicione as gemas, o adoçante, o óleo de coco e bata até formar um creme claro, em seguida, adicione o leite, a baunilha, a farinha de arroz e bata para misturar os ingredientes. Finalize colocando as claras em neve e o fermento. Unte uma forma e asse até o palito sair limpo. 

Ingredientes: Creme500ml de leite 1 colher de sopa bem cheia de amido de milho 3 colheres de sopa de Adoçante Culinária LowçucarMetade do abacaxi picado com calda que se formou no cozimento.1/2 caixa de creme de leite

 Modo de Preparo: Creme

No liquidificador coloque o leite, o amido, metade do abacaxi cozido o adoçante e bata. Em seguida leve para o fogo mexendo sem parar, assim que ferver deixe cozinhar por um minuto, desligue o fogo e misture o creme de leite..Montagem:Molhe o bolo com a mistura de leite de coco com leite, em seguida cubra o bolo com o creme, adicione o restante do abacaxi cozido e finalize com coco ralado. 

Dica Especial: Sirva bem gelado.

Café da manhã com a Professora Maria Ribeiro do Valle

Profª Dra. Maria Ribeiro do Valle é coordenadora geral do CEDEM Centro de Documentação e Memória da UNESP – Universidade Estadual Paulista Livre-docente em Sociologia das Revoluções, Universidade Estadual Paulista FCLAR UNESP (Unesp/2017)./ Pós-Doutorado, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/2009) /Doutora em Educação, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/2002) /Mestre em Educação, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP/1997) / Graduação em História, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Guaxupe (FFCLG/1993). /Graduação em Ciências Sociais, Universidade de São Paulo (USP/1990).

Dia do Profissional de RH

A data remete à fundação da Federação Mundial de Associações de Gestão de Pessoas, criada em 3 de junho de 1976. No Brasil, a consolidação do dia veio após o reconhecimento dos profissionais de recursos humanos por Genézio Lucone, fundador da Associação Paulista de Administração Pessoal, que hoje é a Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH).

O profissionais de Recursos Humanos, que têm como função alinhar e conscientizar os funcionários em torno dos objetivos da empresa e, ao mesmo tempo, deixá-los motivados e qualificados para encarar os desafios do mercado e de suas próprias carreiras.

O profissional de Recursos Humanos sempre visa a humanização da organização em que trabalha, procurando motivar, treinar e qualificar os colaboradores, desenvolvendo equipes autossuficientes, incentivando os colaboradores e promovendo sua satisfação no trabalho, contribuindo assim para o desenvolvimento e crescimento das organizações.

Coletivo de jovens artistas da periferia de Fortaleza cria peça de teatro para ser veiculada em rede social

O Coletivo Inflamável, grupo de artistas de Fortaleza, desde o começo da pandemia mundial têm criado conteúdo virtual com a finalidade de contribuir no alivio possível para a população cearense atravessas esse período. O novo trabalho, intitulado À Deriva Na América do Sul, foi concebido para ser exibido no Instagram, uma rede social popular entre os cearenses.

Com texto coletivo, e trechos de Fernando Pessoa e Sófocles, o trabalho é um experimento cênico virtual que narra à trajetória da tripulação de um barco pesqueiro que, após uma grande tempestade em alto mar, fica à deriva no oceano das incertezas. O capitão, ao que parece, não faz a menor ideia de como leva-los de volta à terra firme. A situação gera desavenças de personalidades, o desespero e o individualismo.  A incapacidade de articular as divergências alimenta a inação da população do barco, contribuindo para a manutenção da inércia de um povo que não sabe mais se um dia chegará. E onde poderia chegar?

Serviço:

Dias 04 e 05 de Junho. Às 19h, no instagram @coletivoinflamavel

Ficha Técnica:

Direção: Ítalo Saldanha

Elenco: Aurianderson Amaro, Brena Canto, Kelly Enne Saldanha, Lu Sales e Naldo de Freitas

Adereços: Naldo de Freitas

Arte Visual: Brena Canto

Figurino, iluminação e cenografia: Coletivo Inflamável

Preparação corporal: Aurianderson Amaro.

Apoio: Maria Vitória e Victor Rodrigues

FOLHADINHOS DE SARDINHA COM LIMÃO

Gomes da Costa/Divulgação

Preparo: 55 min.

Rendimento: 20 porções

Ingredientes

1 lata de Sardinha com Limão Gomes da Costa

Meio pacote de massa folhada laminada, descongelada (150g)

Gema para pincelar

 
Modo de Preparo

Com o auxilio de um garfo, amasse a Sardinhas Gomes com o molho de limão, de maneira a formar uma pasta.

Desenrole-a, para obter um retângulo com cerca de 12,5x40cm.

Corte a massa ao meio no sentido do comprimento, formando 2 tiras de cerca

de 6,5cm x 40cm.

Distribua no centro de cada tira de massa metade da pasta de sardinha (faça

uma fileira com a pasta no meio da tira).

Feche a massa dobrando-a sobre o recheio. Não é necessário enrolar a

massa, basta uni-las.

Corte cada tira recheada em 10 pedaços (cerca de 2,5cm cada). Proceda da

mesma forma com toda a massa.

Distribua os folhadinhos numa assadeira (deixando um pequeno espaço entre

eles).

Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao congelador ou freezer por

cerca de 20 minutos.

Retire o papel alumínio, pincele a gema pela superfície da massa e leve ao

forno preaquecido (180ºC), por cerca de 15 minutos ou até folhar e dourar.

Sirva morno ou frio.

Tempo de Congelador/Freezer: 20 minutos

 
Dica do Chef

Você pode deixar os folhadinhos prontos no freezer/congelador e assar no

momento em que for consumir.

 
Variação

Salpique castanha de caju picada sobre a gema.

ARROZ DE FORNO DE ESPINAFRE COM SARDINHA

Gomes da Costa/Divulgação

Preparo: 40 min.

Rendimento: 3 porções

Ingredientes

1 colher (sopa) de óleo

1 cebola pequena picada

1 xícara (chá) de arroz

2 xícaras (chá) de água fervente

Sal a gosto

1 lata de Sardinha com Molho de Tomate Picante Gomes da Costa (125g)

Meia xícara (chá) cheia de espinafre cozido e refogado

4 ovos

Sal a gosto

2 colheres (sopa) de queijo tipo parmesão ralado

 
Modo de Preparo

Numa panela média, aqueça o óleo e refogue a cebola até começar a

murchar. Junte o arroz e refogue demoradamente.

Acrescente a água fervente e tempere com sal a gosto. Abaixe o fogo, tampe

a panela e cozinhe até o arroz secar.

Retire do fogo e adicione a Sardinha Gomes da Costa com seu molho e o

espinafre. Misture bem.

Distribua a preparação num refratário quadrado e baixo (cerca de 16 cm).

Com o auxílio de 1 colher de sopa, faça 4 covas na superfície do arroz.

Coloque 1 ovo em cada cova e polvilhe o sal sobre os ovos.

Salpique o queijo por toda a superfície. Cubra o refratário com papel alumínio.

Leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 15 minutos ou até

que o ovo cozinhe.

Sirva em seguida.

 
Dica do Chef

Meia xícara (chá) de espinafre cozido equivale a cerca de meio maço médio. Retire as folhas de espinafre, lave-as e coloque-as numa panela. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até murchar. Retire da panela e pique o espinafre

 
Variação

Substitua o espinafre por brócolis.

PIZZA DE FOGÃO COM ATUM

Gomes da Costa/Divulgação

endimento: 3 porções

Tempo total: 70 minutos

Cozimento: 50 minutos

Preparo: 20 minutos

 

Ingredientes:

Massa:

3 xícaras (chá) de farinha de trigo (450g)

1 colher (café) de fermento em pó (3g)

1 pitada de sal

1 colher (sopa) de margarina ou manteiga (20g)

1 ovo (60g)

1 xícara (chá) de leite morno (240ml)

 

Recheio: 

1 lata de Atum Sólido em Óleo Gomes da Costa

1 sachê de molho de tomate (340g)

1 lata de milho verde (200g)

3 unidades de Palmito Gomes da Costa cortadas em rodelas médias (cerca de 150g)

3 colheres (sopa) de azeitonas verdes cortadas em rodelas (39g)

1 tomate cortado em rodelas (80g)

Meia cebola pequena cortada em rodelas finas (30g)

250g de queijo mozarela fatiado

Azeite Extra Virgem Gomes da Costa e orégano a gosto

 

Modo de Preparo:

Massa:

Numa tigela junte a farinha, o fermento e o sal. Acrescente a margarina ou manteiga e amasse com um garfo.

Junte o ovo inteiro e misture. Por último acrescente o leite e misture bem. Trabalhe a massa até soltar das mãos. Se necessário vá acrescentando mais farinha, aos poucos.

Divida a massa em 3 partes. Mantenha numa superfície enfarinhada para descansar por cerca de 10 minutos.

Com o auxílio de um rolo, abra cada porção de massa (uma de cada vez) e coloque-a numa frigideira grande ou assadeira redonda, antiaderente ou untada. Tampe a frigideira/assadeira e leve ao fogo brando por cerca de 10 minutos, girando de vez em quando e virando, de maneira que fique dourada dos dois lados.

 

Montagem da pizza:

Envolva o Atum Gomes da Costa em seu óleo.

Retire a frigideira/assadeira do fogo e monte cada uma das pizzas da seguinte maneira: distribua uma parte do molho de tomate, uma parte do Atum Gomes da Costa, cerca de 3 colheres (sopa) de milho escorrido, 1 Palmito Gomes da Costa cortado em rodelas, 1 colher (sopa) de azeitona, parte do tomate e parte da cebola.

Cubra com fatias de mozarela e regue com azeite e orégano a gosto.

Volte novamente ao fogo somente para o queijo derreter.

Sirva em seguida.