Bar do Giba

Nova aguardente de mel

Empresa mineira que visa ascensão no segmento premium de bebidas e interesse dos consumidores pela qualidade anuncia que está produzindo uma Aguardente de Mel que é um espetáculo.

A aguardente que é produzida pela Cachaçaria Melicana feita com o puro mel de abelha fermentado e destilado. A madeira usada no seu envelhecimento é o Carvalho, que leva para a aguardente notas de amêndoas, caramelo e seu autêntico amadeirado. A garrafa contém 700ml e preço sugerido é de R$260,00. Como nunca vou encontrar essa grana em minhas economias, aguardo, ansiosamente, a opinião dos que podem beber desse doce mel…. Ou um convite para compartilhar uma dose…

 

2 FORMAS PRÁTICAS DE CONSUMIR COUVE

Bar do Giba

1) Cubos de gelo de couve!

Bata no liquidificador 100ml de água para cada folha de couve. Após formar um suco, coloque no congelador em uma forma de gelo. Quando o “gelo de couve” estiver pronto, coloque em um recipiente de vidro e deixe no congelador.

2) Farinha de Couve Integral!

A liofilização é o processo mais moderno de desidratação, mantendo as propriedades similares em comparação aos alimentos frescos. Você pode usar a couve liofilizada em pó (farinha de couve integral) para fazer sucos verde com maior praticidade.

Creme de abóbora cabotiá

Bar do Giba

Creme de abóbora cabotiá

Ingredientes

1 abóbora cabotiá cortada em cubos já descascada
1 cebola grande cortada em cubos
Água o suficiente
Sal do Himalaia a gosto
Gengibre em pedaços a gosto
Salsinha e alho poró

Modo de preparo

1. Corte a cebola e a abóbora em cubos e leve a uma panela grande. Coloque a água até cobrir os ingredientes, junte o sal, a salsinha e o alho poró.
2. Tampe a panela e deixe cozinhar até a abóbora ficar macia.
3. Transfira os ingredientes para o liquidificador e acrescente 1 e ½ xícaras de água em que a abóbora foi cozida e o gengibre.  Bata até obter um creme espesso.
4. Acrescente o frango em cubos e, após esfriar, transfira para o pote.

 

Fundada em maio de 2016, a LocalChef é uma plataforma de delivery  com viés colaborativo, oferecendo renda extra para quem gosta de cozinhar e uma excelente opção para quem busca culinária caseira. Disponível inicialmente na Região Metropolitana de São Paulo, a Localchef oferece opções de comidas caseiras, de acordo com a proximidade do usuário que faz o pedido. O interessado que deseja solicitar um pedido acessa o site da startup, digita o CEP da residência  e encontra uma lista de cozinheiros dentro de um raio de dez quilômetros. Atualmente são 200 pratos disponíveis para escolha. Para mais informações acesse www.localchef.com.br

QUICHE DE LEGUMES DO DIVINO FOGÃO

BAR DO GIBA

QUICHE DE LEGUMES DO DIVINO FOGÃO

Ingredientes

Massa:                
2 ½ xícaras Farinha de trigo
¾ xícara Margarina com sal
1 Unidade Gema
2 Colheres Leite
Sal a gosto
Recheio:                              
½ Xícara Brócolis em tiras
½ Xícara Cenoura em rodelas
½ Xícara Palmito em rodelas
½ Unidade  Cebola ralada
2 Dentes  Alho picado
Sal a gosto
Creme:                 
2 Unidades  Ovos
1 caixinha de creme de leite
50g Queijo parmesão ralado
100g Mussarela
Noz moscada e sal a gosto

Modo de preparo
Preparo Recheio:
Cozinhar os legumes com um pouco de sal até ficar al dente. Cortar os palmitos em rodelas e reservar.
Em uma panela colocar o alho e a cebola, deixar dourar, colocar os legumes e refogar por dois minutos, desligar o fogo, colocar o palmito e reservar.
Preparo do creme:
Bater todos os ingredientes no liquidificador, menos o parmesão ralado.
Preparo Massa:       
Em uma tigela colocar 2 xícaras da farinha de trigo, o sal, a margarina, e a gema e o leite, juntar os ingredientes delicadamente até formar uma massa lisa, acrescentando o restante da farinha conforme necessário, até a massa soltar dos dedos. Abrir a massa com o rolo, colocar na forma com fundo falso.
Montagem:
Não precisa pré-assar, nem deixar descansando, nem levar a refrigeração, apenas colocar o recheio, colocar o creme, para finalizar polvilhar o parmesão ralado. Levar ao forno médio 160ºC por 20 minutos. Desenformar após alguns minutos e servir.
Dica do Chef: pode trocar os legumes acima, pelos de sua preferência, seguindo o mesmo passo a passo.

Tempo de Preparo:   45 minutos
Rendimento: 8 porções

Dica do DIVINO FOGÃO

Camila Pitanga – drinque com cachaça

 

camilapitangaCamila Pitanga

50 ml de Seleta

50 ml de suco de pitanga

25 ml de vermute seco

1 colher de sopa de açúcar

3 cubos de gelo

Champanhe

 

Modo de preparo: Em uma coqueteleira coloque gelo, suco de pitanga, açúcar, Cachaça Seleta e vermute seco. Bata na coqueteleira e passe para uma taça com gelo. Complete com champanhe, mexa e arremate com o canudo e a decoração.

Seleta, a cachaça

cachaca-seleta

Gosto muito de apreciar a cachaça Seleta. A Seleta é cachaça artesanal mais vendida do país e é feita a partir de canas rigorosamente selecionadas. Envelhecida em tonéis de Umburana, planta conhecida por suas características curativas e digestivas, a Seleta tem uma grande suavidade e um sabor delicioso.

A Cachaça Seleta é produzida em Salinas (MG), conhecida como a capital mundial da bebida. A região abriga as melhores condições climáticas, solo, água e cultivo de canas ideais para a produção da autêntica cachaça artesanal. A Seleta tem um sabor potente que a torna perfeita e agradável em várias ocasiões.

Graduação Alcoólica: 42%
Tempo de Armazenamento: 2 anos
Madeira: Umburana

Cachaça João Mendes

img_8015

Essa é uma boa cachaça mineira. A cachaça artesanal João Mendes, tradicionalmente produzida pela família João Mendes, é destilada em alambiques de cobre de forma artesanal desde o início de sua produção. Envelhecido em tonéis de carvalho para finalizar o processo de produção, tem a tonalidade amarelada, sabor forte, apurado e aroma picante.

img_8016

A Cachaça João Mendes é produzida a mais de 20 anos pela família Mendes. A cana é cultivada com o apoio da Universidade Federal de Lavras, com técnicas modernas de cultivo e variedades selecionadas. A colheita da cana, matéria-prima para a produção da cachaça João Mendes Prata é feita manualmente, o que gera qualidade e mais empregos no campo.

Mojito com um bom rum cubano

img_7988

O rum é feito com o caldo cozinhado da cana, como uma rapadura.

img_7987

 

O Mojito é uma bebida cubana que deixa qualquer um com água na boca. Para preparar, basta adicionar no copo 5 folhas de hortelã, gelo picado, suco de 1 limão e ½ copo de água com gás. Lembre-se de amassar bem a hortelã, para liberar o sabor. Finalize adicionando o rum.

MOJITO
O Mojito, como muitos sabem, nasceu em Cuba. Sua origem está no século XVI, quando os cubanos o utilizavam como remédio para doenças respiratórias e estomacais. Na época, era usada aguardente local, hortelã e açúcar. Foi no século XIX que a Bacardi surgiu, tornando o rum o álcool-base para o drink!

Ingredientes
– 10 folhas de hortelã fresca;
– 1/2 limão;
– 2 colheres de sopa de açúcar;
– 1 dose de rum;
– 1/2 xícara de água com gás;
– Gelo.

Modo de preparo
1. Corte o limão em 4 gomos.
2. Em um copo longo, coloque o limão e a hortelã, e soque a mistura com um pilão para liberar os sabores.
3. Adicione 2 gomos de limão e o açúcar, e soque novamente.
4. Encha o copo com gelo, coloque a dose de rum e adicione a água com gás.
5. Mexa bem, e decore com o último gomo do limão.

Drink em homenagem a Che Guevara

mojitodelcheA criatividade é uma peça fundamental na hora de criar uma receita, seja ela de um delicioso prato ou de um saboroso drink.

Inspirado em Cuba, o long drink é feito com rum e faz uma referência direta com o ícone da revolução cubana, Che Guevara – nascido em Rosário. “O tradicional é feito com água gaseificada. Mas Fidel Castro, grande parceiro de Che, apreciava uma derivação da original e adiciona refrigerante de limão”, explica o bartender Rafael Sosa.

Considerando todas essas informações e adicionando ingredientes como sementes de cardamomo e o limão siciliano, o bartender concebeu o refrescante e cítrico aperitivo, um dos sucessos do Rosário Resto Lounge – que hoje tem, em termos de quantidade, o maior bar da América Latina, com, aproximadamente, 115 rótulos.

 

Saiba como preparar o “Mojito Del Che”:

  • · 1oz (onça) Rum Bacardi Superior
  • · 5 ml Suggar Syrup
  • · Limão Siciliano
  • · Hortelã
  • · Sementes de cardamomo
  • · Refrigerante de limão

 

Preparo:

Macere dois pedaços de limão siciliano com Suggar Syrup. Acrescente bastante gelo, o rum e as sementes de cardamomo.  Mexa com o auxilio de uma colher bailarina. Coloque mais gelo. Finalize completando com o refrigerante de limão.

 

Decore com limão siciliano e hortelã.

 

Mais informações:

O Rosário Resto Lounge fica na Rua 24 de Outubro nº 1539, bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

O restaurante especializado em gastronomia funcional abre de segunda a sábado, das 11h às 14h30min. Já o lounge de entretenimento inicia às 18h, de terça a sábado.

 

 

As 50 melhores cachaças do Brasil

havaninha

Conheça as 50 melhores cachaças do Brasil

2º Ranking Cúpula da Cachaça elegeu, em ordem de importância, os melhores rótulos; veja o que os integrantes disseram sobre cada uma delas.

veja a Reportagem do Estado de São Paulo (link)