Humor

Brasil é um time de Bundas

 

Nada mudou desde junho de 1999. Nada mudou. Continuamos um país com uma equipe de Bundas. Antes Bundas tinha a palavra, a tiragem. Agora Nada. Nada de frente, nada de Bundas! Quem manda neste país? O movimento feminista queimaria Bundas em praça pública! O PT chamaria Bundas de coxinha. Os coxinhas chamariam Bundas de Bolivarianos! Continuamos a gritar Fora… inutilmente!

 

Agosto vem ai e eu estou de olho…

Por Gilberto da Silva

Agosto, mesmo a contragosto está chegando. Eu, quieto, ficarei no meu posto. Atento. Reflexivo. Noites densas, dias tensos. Mês do cachorro louco e das quedas de presidentes.  ( e eu aqui fazendo figa…).  Irei começar o mês rezando ou confessando, pois dia 04 é dia do Padre. Vou ao médico sabendo que no dia 5 é o Dia Nacional da saúde: vou aproveitar um dia antes para orar pelo SUS, pelos convênios e pela decência.

Agosto, do latim augustus (oitavo mês do calendário gregoriano) ainda tem Lava-jato? Dia 11 é o dia do Magistrado, claro,  a toga vem primeiro que o advogado no dia 12…  Aproveitarei e pedirei no dia 11 para o Garçom trazer mais uma, boa, gelada para afogar as mágoas e espantar a tristeza. Noites densas…. Dias quentes…. Estudante, esqueça seu dia… estudante não precisa de dia na nossa nova louca e vã filosofia que refletirei bastante no dia 16 em homenagem a Sócrates, Platão, Hegel. Kant e Neném Prancha.

Dia dos Pais no mesmo dia do economista – procede: precisamos conciliar essas duas características para nosso consumo diário. No dia 20 vai ter festa na maçonaria e eu não fui convidado ( se alguém por aqui passar por lá, avise-me. E no dia 22 vou curtir o folclore nacional e celebrar um pouco do que nos resta de cultura para curtir a infância no dia 24, irei numa feira e respeitarei o soldado no dia 25 e irei ao psicólogo no dia 27, pois de loucura em loucura vamos vivendo.

O bancário no dia 28 que me perdoe pois vou voar nas asas de alguma ave retirada de alguma avicultura e voando para setembro e a primavera entrar!

 

Canção De Agosto Emilinha Borba

Há quem diga que agosto
é um mês que traz desgosto
deve ser superstição
uma simples brincadeira
ou apenas impressãoPois pra quem vivi contente
mês de agosto não existe
mais pra quem não é feliz, ai,ai
até fevereiro é triste

Todos nós podemos ter
um desgosto um desengano
em qualquer hora do dia
em qualquer dia do mês
em qualquer mês do ano

 

 

 

 

Oficina de Clown – Erwan Gronier, Palhaço Sem Fronteira Bélgica

clown

O Teatro Commune tem o prazer de convidá-los para uma Oficina de Clown Internacional imperdível!

Diretamente da Escola de Circo de Bruxelas e do Palhaço Sem Fronteiras Bélgica, Erwan Gronier trará para o Brasil toda sua experiência de Clown em zonas de conflito, como Iraque, Afeganistão, Síria, Equador, através da oficina:
“Brincando com Seus Botões – Uma Viagem Interna à Procura do Seu Palhaço”.

Quando: Dias 19, 20 e 26 de novembro das 9h às 14h,
Onde: Teatro Commune, VAGAS LIMITADAS !
Inscrições: pelo email rodrigofveloso@gmail.com

Eleições e dor de cotovelo

925994-simples_planalto070814_4-720x340

Por Gilberto da Silva

 

Toda eleição é a mesma ladainha. O Zé Esquerda acusa o Zé Meio Esquerda de falta de união e vai logo arrotando: tem que unir o pão como o fermento para dar o alimento! Juntos somos fortes, na eleição e na direção: “tamu juntos…”  Todos se julgam vítimas das conspirações, mas no primeiro beijo logo esquecem das desavenças.

Toda eleição é sempre a mesma coisa. A Maria Direita roga praga na Dircinha Coxinha que diz que com aquela camisola amarela não sai mais nas manifestações. Temos que unir nosso amarelo para combater os vermelhos!!!! Maria arrogante, Dircinha ignorante. Doces lembranças de Nelson Rodrigues!

 

Millor escreveu certa vez:

Político é um sujeito que convence todo mundo a fazer uma coisa da qual ele não tem a menor convicção.

 

Mas acredito que Millor não estava totalmente certo pois o político tem a total convicção do que está fazendo.

Uns fedem, outros cheiram, outros inodoros.

É na eleição que a traição sai da cama e vai para a urna. Eleições, Ilusões, assim dirão alguns.

É na eleição que a inveja mostra seu verdadeiro vestido: a inveja veste “santinho”.

Há pouco espaço para os retos e os que teimam em seguir certinho. Mas tem espaço…. temos raras exceções.

E o ciúmes então…

 

Em eleições cabe um repertório do Lupicínio Rodrigues:

Vingança: ” O remorso talvez seja a causa do seu desespero/Você deve estar bem consciente do que praticou…”

Felicidade: “e é por isso que eu gosto lá de fora/porque sei que a falsidade não vigora”

Traição ?: “Se acaso você chegasse/No meu chatô encontrasse/aquela mulher/que você gostou”

Claro, temos aqueles que pedem: VOLTA!!. “Vem viver outra vez ao meu lado”. Mas para isso é preciso Ter Nervos de Aço: “eu não sei se o que eu trago no peito/ é ciúmes, despeito, amizade ou horror.”

Ou seja, em eleições temos também muita dor de cotovelo! Portanto, sempre é bom ficar com um olho aberto…..

Isso é coisa de vermelhos!

Brasília - O deputado afastado Eduardo Cunha fala à imprensa sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal de manter seu afastamento da Câmara (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Brasília – O deputado afastado Eduardo Cunha fala à imprensa sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal de manter seu afastamento da Câmara (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

 

  • Que foi meu filho?

_ Isso é coisa de vermelho, mamãe…

  • Comunistas?
  • Deve ser mamãe…

A mamãe que antes dizia que os comunistas comiam criancinhas, apressou-se em recomendar:

  • Toma um banho de descarrego, filho! Olha a nuvem vermelha na sua cabeça….

A burrice é genética!

watson

Por Gilberto da Silva

Segundo um dos descobridores da estrutura do DNA, James Watson, a burrice é uma doença genética que deveria ser cuidada. Mas como a Saúde no Brasil é um caso quase  insolúvel teremos que conviver com essa doença durante muitos anos. Watson defende que as pessoas burras ou com coeficiente intelectual baixo que não têm um transtorno mental diagnosticado sofrem de uma desordem que é transmitida de forma hereditária pelos genes, como acontece com doenças. O prêmio Nobel de Medicina (1962)  disse isso lá pelos idos de 2003 fato que só faz comprovar a sua teoria diante do cenário nacional.

Um amigo meu disse-me recentemente que é importante para o convívio na sociedade que as pessoas não sejam realmente muito inteligentes. Trump está ai, digo, lá no hemisfério norte a querer comprovar. Talvez as pessoas queiram conviver com essa doença genética por livre e espontânea vontade. Imagino um deputados desses inteligentes que a nossa Câmara produz de quatro em quatro anos elaborando uma lei que proíbe a correção da burrice. “Fica proibido pela lei toda e qualquer cirurgia, invasiva ou não, que restitua a inteligência para a pessoa normal, posto que a burrice é um dom da natureza divina….” coisas assim estariam no caput da lei.

Cenas de um discurso no Congresso:

“Imaginem, senhores deputados, querem acabar com essa coisa genuinamente brasileira que é a burrice! Comunistas, salafrários e ateus de toda espécie querem exterminar essa dádiva que a natureza nos deu, querem acabar com a naturalidade do homem brasileiro. Esses comunas querem implantar o pre´natal para determinar se a criança será burra! Querem acabar com a burrice no poder. Isso é uma afronta aos poderes constituídos. Pela minha mãe, pela minha nora, pela minha esposa, pela minha filha eu digo não à cura da burrice!”

Para James Watson a burrice é genética e que seria moralmente imperativo modificar genes para eliminá-la. Mas não será pelo SUS que vamos realizar….

A falta que Bundas nos faz

bundascapaHoje acordei com a Bundas na memória. Baixou uma baita saudades de Bundas. Das Bundas lidas e relidas, das Bundas passadas e repassadas. Das sempre boas Bundas! Quem tinhas Bundas não via Caras…

As Bundas vieram e se foram num pequeno fluxo de tempo. As Bundas eram de bom tamanho, ideal para ótimas risadas e gargalhadas, nem muito grande, nem muito pequena, eram páginas de Bundas em palmos medidas.
A revista hebdomadária teve vida curta, mas foi suficiente para encher nossos olhos de boas bundas e caras de bundas por todo o país.
No meio de Bundas encontrávamos Ziraldo, Jaguar, Millor, Veríssimo, Chico e Paulo Caruso, Miguel Paiva, Angeli, Jô Soares, Aroeira e tantos outros mestres na arte de bundar com alegria, e bundar com inteligência. Bundar com satisfação e gozação…

 

Mas Bundas caiu, digamos, saiu das bancas muito rápido deixando seus leitores inconsoláveis. Bundas faz falta! Se o Pasquim já foi e já voltou, quem sabe um dia a Bundas volta. Que volte ruidosa, cheirosa, espalhafatosa e gostosa como todas Bundas…

Todo mundo é comunista

bandeira

Por Gilberto da Silva

O mundo acordou mais comunista. O céu ficou vermelho comunista. A bela artista de teatro ficou comunista. Nasceu em uma maternidade em São Paulo mais uma comunista. Todo Parlamento é comunista. Todo partido é comunista e o PT também. Toda favela é comunista, toda burguesia virou comunista. A ditadura é comunista e a democracia velha e cansada aderiu ao comunismo.

Tem um bando de comunista andando pelas ruas. Até o Papa é comunista. O Obama acabou de virar comunista e levou com ele a Michele. A minha sogra é comunista. Comunista também é a vendedora de sapatos.  A Dilma é comunista. O traidor é comunista e o delator vermelhíssimo comunista. O  Geraldo secou as torneiras de todos: virou comunista do pau oco. Todos os movimentos são comunistas. O movimento pop é comunista e o gay, claro, comunistíssimo. O Haddad pinta as ciclovias de vermelho: comunistão! O cinema é comunista. Delfim é notório comunista. Lula é comunista mesmo jurando de pés juntos que não é e nem nunca foi e muito menos o contrário.

O dono da pastelaria é comunista. O proprietário da desentupidora é comunista. O frentista é comunista. A mulher do frentista, também!  O professor marxista é comunista e o otário também. Todas as bandeiras do mundo são comunistas. Ideias de “jerico” são comunistas. Cheque especial, comunistas. O teu patrão ficou vermelho. A Folha que já dava sinais declarou-se comunista e até o Estadão autodeclarou sua adesão ao mundo vermelho. Quem não se declara comunista, comunista é.

Os juros são comunistas e minha gata Félix é comunista. Todos os animais do planeta são comunistas e os extraterrestres uns verdadeiros alienígenas vermelhos. As estrias da minha bonitona de Ipanema são comunistas. Sexo é comunista e a falta dele também. Todo tesão do mundo é comunista. O inferno é comunista: vermelho, vermelho, vermelho. Todo comunista que eu conheço ou foi ou é ou será comunista. Tem ex-comunista que pede segredo para manter sua tradição comunista: comunista envergonhado.

Todos os sentimentos do mundo são comunistas. Todo neurótico é comunista. A loucura é comunista!

De bengala e toga ou camisa de força?

bengalas

“Nem com uma camisa de força eu comparecerei”, diz o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello sobre nova sabatina.

 

Por Gilberto da Silva

 

Bem se a PEC era chamada de PEC da Bengala eu fico a imaginar o Ilustríssimo, meritíssimo e douto Doutor Juiz adentrar nas salas do Congresso Nacional  devidamente munido e amparado por uma bela bengala adquirida em Paris.

_ Senhor Doutor Juiz Fulano de tal. Diga o que sabe sobre o Direito?

– Ah! Meu filho, pouca coisa sabe, foram apenas 40 anos de magistratura, de leituras, livros, tribunais, análises de processos…. Não deu para aprender muita coisa….

– Muito bem, Senhor Doutor Juiz. Sabe, precisamos saber se o senhor possui as credencias necessárias para continuar no maior posto da Justiça no pais….

– Sim, entendo, assim como vossas excelências fazem o mesmo ao submeter ao voto popular.

_ Sim, precisamos ter a certeza absoluta que nesses cinco anos o Senhor Doutor Juiz terá e manterá as condições plenas de raciocínio, coerência e saúde necessária para permanecer no posto.

– Tá bom meu filho, examine-me como quiser…