Dia: 17 de julho de 2015

Os grandes culpados não estão na arraia-miúda

Em tempo de delações, premiações, dedos duros, Justiça, Política e amores vis, lembrei-me de uma passagem de Calabar – o elogio da traição, do Chico Buarque e Ruy Guerra. Nossa história é tão linda….

 

 

MATHIAS

E então? Esteve com o homem?

FREI

Vi-o pela manhã e lhe disse o que importava para sua salvação e que se preparasse para confessar, visto que hoje teria que dar contas a Deus. E depois o deixei só por uma hora para que ele se aparelhasse como convinha.

MATHIAS

E ele confessou?

FREI

Por três horas. Com muitas lágrimas e compunção de espírito. No meu entender, com muito e verdadeiro arrependimento de seus pecados, segundo o que o juízo humano pode alcançar.

MATHIAS

À merda com o juízo humano. Quero saber se Calabar apontou nomes.

FREI

Bem, fez certos apontamentos de dívidas e obrigações, e de boa quantia de dinheiro que os do Conselho Supremo dos holandeses lhe devem do seu soldo e de algumas peças de ouro e de prata, e alfaias de seda que no Arrecife tem, para que dali se paguem algumas dívidas em que está obrigado.

MATHIAS

Os nomes?

FREI

E me mandou que entregasse esses apontamentos a sua mãe, Angela Alvares, o que eu pontualmente farei.

MATHIAS

Frei, o que eu quero saber. . .

FREI (solene)

Às três horas da tarde se tornou a reconciliar com as mesmas lágrimas e mostras de arrependimento. Foi quando o ouvidor, na minha presença e na do escrivão, lhe perguntou se sabia que alguns portugueses haviam sido traidores, e tratavam com o inimigo secretamente, levando-lhe ou mandando-lhe avisos do que entre nós se fazia. Ao que ele respondeu que muito sabia e tinha visto nesta matéria.

 MATHIAS

E deu os nomes?

FREI

Não.

MATHIAS

Como não?

FREI

Disse que de presente não se atrevia a furtar o tempo que lhe restava de vida a ocupar-se a fazer autos e denunciações por mão de escrivão.

MATHIAS

Isso veremos.

FREI

Excelência, cuidado. Segundo o que me disse Calabar, os grandes culpados não estão na arraia-miúda. O que ele me deu licença que lhe contasse são coisas pesadas, que eu gostaria de tratar consigo em particular.

In;

Anotações do Cárcere (1)

Foi com alegria imensa que nossos companheiros receberam essa nota deliciosa… Lembraremos dos nossos pastéis saboreados em conjunto e nossos banhos de sol…

CKJB41vWEAAszxc

 

O que delicia nosso Zé Filó é que notas assim permanecerão na História como uma serpente imortal.