Dia: 23 de março de 2016

O estranho mundo brasilis

odeibrecht

Gilberto da Silva

Golpistas se reúnem em Lisboa em tramas de conspiração. Listas inundam os jornais e a mídia televisiva faz de conta que não sabe de nada. aqui tudo é parcial. Só interessa o que lhes convêm. Deram o óleo para o ódio e a intolerância prosperar. Violam tudo, até a Constituição. Urros e sussurros. Mentiras e videotapes. Sátiras e horror! A sociedade doente, virótica, viralizada. Os seres, antes humanos, exalam a violência características dos ancestrais. Culpado é o outro que toma se espaço, que bebe a sua água que usurpa o seu dinheiro. Enclausurados…Sociedade infartada! Doentes.Negam o que tem que ser positivado. Positivam o que deve ser negado. De que riem os democratas, se a tal democracia está esfacelada?

É assim lembro do poema de Bertold Brecht:

Canção

Eles tem códigos e decretos.
Eles tem prisões e fortalezas.
(sem contar seus reformatórios!)
Eles tem carcereiros e juizes
que fazem o que mandam por trinta dinheiros.
Sim, e para que?
Será que e;es pensam que nós, como eles,
seremos destruídos?
Seu fim será breve e eles hão de notar
que nada poderá ajudá-los.

Eles tem jornais e impressoras
para nos combater e amordaçar.
(sem contar seus estadistas!)
Eles tem professores e sacerdotes
que fazem o que mandam por trinta dinheiros.
Sim, e para que?
Será que precisam a verdade temer?
Seu fim será breve e eles hão de notar
que nada poderá ajudá-los.

Eles tem tanques e canhões,
granadas e metralhadoras
(sem contar seus cassetetes!)
Eles tem policia e soldados,
que por pouco dinheiro estão prontos a tudo.
Sim, e para que?
Terão inimigos tão fortes?
Eles pensam que podem parar,
a sua queda, na queda, impedir.
Um dia, e será para breve
verão que anda poderá ajudá-los.
E de novo bem alto gritarão: Parem!
Pois nem dinheiro nem canhões
poderão mais salvá-los.

PS: não eu não odeio o poeta...

Drink em homenagem a Che Guevara

mojitodelcheA criatividade é uma peça fundamental na hora de criar uma receita, seja ela de um delicioso prato ou de um saboroso drink.

Inspirado em Cuba, o long drink é feito com rum e faz uma referência direta com o ícone da revolução cubana, Che Guevara – nascido em Rosário. “O tradicional é feito com água gaseificada. Mas Fidel Castro, grande parceiro de Che, apreciava uma derivação da original e adiciona refrigerante de limão”, explica o bartender Rafael Sosa.

Considerando todas essas informações e adicionando ingredientes como sementes de cardamomo e o limão siciliano, o bartender concebeu o refrescante e cítrico aperitivo, um dos sucessos do Rosário Resto Lounge – que hoje tem, em termos de quantidade, o maior bar da América Latina, com, aproximadamente, 115 rótulos.

 

Saiba como preparar o “Mojito Del Che”:

  • · 1oz (onça) Rum Bacardi Superior
  • · 5 ml Suggar Syrup
  • · Limão Siciliano
  • · Hortelã
  • · Sementes de cardamomo
  • · Refrigerante de limão

 

Preparo:

Macere dois pedaços de limão siciliano com Suggar Syrup. Acrescente bastante gelo, o rum e as sementes de cardamomo.  Mexa com o auxilio de uma colher bailarina. Coloque mais gelo. Finalize completando com o refrigerante de limão.

 

Decore com limão siciliano e hortelã.

 

Mais informações:

O Rosário Resto Lounge fica na Rua 24 de Outubro nº 1539, bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

O restaurante especializado em gastronomia funcional abre de segunda a sábado, das 11h às 14h30min. Já o lounge de entretenimento inicia às 18h, de terça a sábado.