Mês: maio 2019

Dia do geógrafo e dia do estatístico

Anúncios

Brasil, terra de Messias…

santinho de 1960

O Brasil já teve outros Messias, entre eles, Jânio Quadros, vereador, prefeito de São Paulo, governador e presidente da república. Ele também era o Novo, a luta contra os “de partidos” Marqueteiro de si mesmo. Moralista autoritário que fez da vassoura seu símbolo

Jânio Quadros adotou como símbolo de sua campanha a vassoura. Com este símbolo ele foi eleito Presidente da República em 1960, prometendo varrer a corrupção do país.

Alegando estar sendo assediado por forças terríveis, Jânio renuncia sete meses depois de empossado.

Veja a letra do jingle:

Varre, varre,varre vassourinha!
Varre, varre a bandalheira!
Que o povo já ‘tá cansado
De sofrer dessa maneira
Jânio Quadros é a esperança desse povo abandonado!
Jânio Quadros é a certeza de um Brasil, moralizado!
Alerta, meu irmão!
Vassoura, conterrâneo!
Vamos vencer com Jânio!

Freire e o pensar crítico

“A filosofia de Freire também tem suas raízes na teologia cristã, pela qual, aos olhos de Deus, os pobres são iguais aos ricos. Se a educação não libera a mente das pessoas para pensar criticamente, qual é o seu propósito?” Martin Carnoy, professor da Universidade de Stanford (EUA) à Folha de S. Paulo, domingo, 4 de novembro de 2018, b2.
@vitrinedogiba.com

Caatinga

A Caatinga é o bioma brasileiro de mais difícil de ser restaurado – Foto: Divulgação/SECTMA

“Caos de pedras cinzentas cavadas em desordem no chão de argila seca (…) paisagem dura, angulosa, trágica (…) visão que se estende até o infinito.” Roger Bastide, Brasil, terra de contrastes.