Dia: 21 de outubro de 2019

Dóris Monteiro

Nascia em 21 de outubro de 1934, no Rio de Janeiro, RJ, Adelina Dóris Monteiro, grande cantora Dóris Monteiro. Dóris Monteiro foi revelada no programa Papel Carbono, de Renato Murce, na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Atuou também no cinema e foi uma das estrelas da TV Tupi, onde apresentava um programa homônimo.

Se é questão de adeus, até logo

Se é questão de adeus
Questão de adeus, até logo
Questão de adeus, até logo
Então adeus!

Este seu jeito atrevido
tinhoso, manhoso e maneiro
fez morada no meu peito
e não quis mais se libertar!
Que disparate
atacou de esnobação
e não quis mais sambar comigo
desprezou meu coração!

Se é questão de adeus
Questão de adeus, até logo
Questão de adeus, até logo
Então adeus!

Ai, eu vou-me embora
Então adeus
Eu vou com Deus, Nossa Senhora
Então adeus
Eu vou ao romper da hora
Então adeus
Eu vou seguindo rumo afora
Então adeus
Eu vou com Deus, Nossa Senhora
Então adeus
Eu vou sambar até… ah…
Então adeus

Discografia

  • (1996) Dóris Monteiro & Tito Madi: Brasil samba-canção • Sony • CD
  • (1994) Dóris Monteiro • Continental • CD
  • (1992) Samba canção • Sony Music • CD
  • (1989) Grandes intérpretes do Projeto Brahma • LP
  • (1989) Noel Rosa com vários intérpretes • PolyGram • LP
  • (1986) Essas mulheres • Continental • LP
  • (1981) Dóris Monteiro • Continental • LP
  • (1978) Dóris Monteiro e Lúcio Alves – No Projeto Pixinguinha • EMI – Odeon • LP
  • (1976) Dóris Monteiro agora • EMI – Odeon • LP
  • (1975) Dóris • EMI – Odeon • LP
  • (1974) Dóris Monteiro • Odeon • LP
  • (1973) “Dóris, Miltinho e charme – Vol. 4” • Odeon • LP
  • (1973) Dóris • Odeon • LP
  • (1972) Dóris • Odeon • LP
  • (1972) Dóris, Miltinho e charme vol. 3 • Odeon • LP
  • (1971) Dóris • Odeon • LP
  • (1971) Dóris, Miltinho e charme vol. 2 • Odeon • LP
  • (1970) Dóris Monteiro • Odeon • LP
  • (1970) “Dóris, Miltinho e charme” • Odeon • LP
  • (1969) Dóris Monteiro • Odeon • LP
  • (1969) Mudando de conversa • Odeon • LP
  • (1966) Simplesmente • Odeon • LP
  • (1964) Doris Monteiro • Philips • LP
  • (1963) Dóris Monteiro • Philips • LP
  • (1963) Dóris Monteiro • Philips • Compacto simples
  • (1962) Dóris • Columbia • LP
  • (1962) … Gostoso é sambar ! • Philips • LP
  • (1961) Palhaçada/Sei lá • Philips • 78
  • (1961) Fiz o bobão/Coração só faz bater • Philips • 78
  • (1961) Dóris Monteiro • Philips • LP
  • (1960) Vento soprando • Continental • LP
  • (1959) Argumentação/Uma só vez • Columbia • 78
  • (1959) Doris • Columbia • LP
  • (1958) Real conclusão/Faça de conta • Columbia • 78
  • (1958) Tim-tim por tim-tim/Eu não existo sem você • Columbia • 78
  • (1957) Graças a Deus/Melancolia • Continental • 78
  • (1957) Meu tema/Mocinho bonito • Columbia • 78
  • (1957) Doris Monteiro • Columbia • 33/10 pol.
  • (1957) Minha obsessão/Marcada • Columbia • 78
  • (1956) Vento soprando/Engano • Continental • 78
  • (1956) Confidências de Dóris Monteiro com música de Fernando César • Continental
  • (1956) Gosto da vida/Quando as folhas caírem • Continental • 78
  • (1955) Por que razão/Quando tu passas por mim • Continental • 78
  • (1955) Se é por falta de adeus/Dó-ré-mi • Continental • 78
  • (1955) Céu sem luar/Eu e o meu coração • Continental • 78
  • (1954) Basta dizer adeus/Desejo • Todamérica • 78
  • (1954) Minhas músicas com Dóris Monteiro • Todamérica • 33/10 pol.
  • (1953) Você não sabe/Ruínas • Todamérica • 78
  • (1953) Cedo para amar/Linguagem dos olhos • Todamérica • 78
  • (1953) Aconteceu de repente/É sempre amor • Todamérica • 78
  • (1953) Em Mangueira/Lili • Todamérica • 78
  • (1952) Quantas vezes?/Bate um sino além • Todamérica • 78
  • (1952) Agulha no palheiro/Perdão • Todamérica • 78
  • (1952) Marcha do apartamento/Sacrifício não se mede • Todamérica • 78
  • (1952) Sou tão feliz/Nunca te direi • Todamérica • 78
  • (1951) Se você se importasse/Fecho meus olhos…vejo você • Todamérica • 78

Em 21 de outubro de 1984 morria o cineasta francês François Truffaut

François Truffaut ficou famoso na história do cinema por, ao lado de nomes como Jean-Luc Godard, Eric Rohmer e Claude Chabrol, fundar o movimento cinematográfico Nouvelle Vague (a “Nova Onda”), que trouxe uma nova experiência para o cinema

Em 21 de outubro de 1984 morria o cineasta francês François Truffaut – um dos fundadores do movimento cinematográfico conhecido como Nouvelle Vague e um dos maiores ícones da história do cinema do século XX.
Alguns Filmes do diretor:

Jules e Jim – Uma Mulher para Dois (1962): triângulo amoroso imaginado por Truffaut traz Jeanne Moreau como a instável emocionalmente Catherine. Ela era a base da felicidade e da tristeza de Jules e Jim.

A Noite Americana (1973): vencedor de melhor filme estrangeiro de 1973, traz uma discussão sobre o processo de produção de um filme. A personagem feminina mais uma vez é parte crucial da narrativa.

Fahrenheit 451 (1966): único filme de Truffaut falado em inglês e mostra um mundo onde os livros são proibido, ideia que por si só já seria assustadora. Ver meu artigo sobre Fahrenheit 451