Dia: 9 de dezembro de 2016

Lula participa de encontro da UNAS

unas2

“Esse povo ainda vai voltar a sentir orgulho de ser brasileiro” Foto: Ricardo Stuckert

Na manhã desta sexta-feira (9), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou do Congresso da Unas (União dos Núcleos, Associações de Moradores de Heliópolis e Região), no CEU Parque Bristol, Sacomã, na capital paulista.

Em seu discurso, Lula falou sobre os ataques contra os direitos do trabalhador e do projeto de país que exclui os mais pobres, como sempre acontecia no passado. “É importante que a gente tenha noção do que está acontecendo no Brasil e compreenda para não cometer os mesmos erros”.

Foto: Ricardo Stuckert

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente disse que nutriu o sonho de ser presidente porque acreditava que era possível elevar o patamar de vida dos mais pobres. E, quando ele ganhou, decidiu fazer diferente. Foi incluindo os mais pobres no orçamento que o país passou a crescer. O povo pobre passou a consumir mais, a trabalhar mais, fez a economia girar e deixou de ser um problema para ser a solução do país.

“Eu fico até chateado com o Meirelles, porque ele sabe. Ele sabe que do jeito que ele está fazendo não vai consertar nada. Pode até agradar aos bancos, mas não vai consertar a economia”.

Quando um governo retira direito dos mais pobres, cria uma situação complicada. “Os pobres não têm sindicato, não têm dinheiro pra fazer protesto, ninguém que os representasse. Essas pessoas sabiam que quando nascia seu filho, ele estava predestinado a ter o ensino fundamental e só. Nunca a elite deste país se preocupou com o ensino superior para os mais pobres”.

Lula questionou se a reforma da previdência vai igualar servidores públicos e privados. Questionou se o governo vai ter a mesma coragem para avançar sobre os direitos de militares, promotores, juízes..

As ações do atual governo estão voltando a aprofundar a enorme desigualdade entre ricos e pobres neste país. “Quem nasceu na cidade não faz ideia da enorme conquista que foi levar energia para 15 milhões de pessoas deste país”. “Quem chamava o Bolsa Família de bolsa-esmola não tem o menor conhecimento do povo pobre, que não vai se contentar com viver com 100, 150 reais por mês”. O ex-presidente lembrou que, com o abatimento no imposto de renda, muitas vezes os mais ricos têm mais acesso ao dinheiro público para cuidar da própria saúde do que os mais pobres.

“O ódio contra nós não é divergência política. Na minha opinião, o ódio contra PT, conta Lula, contra Dilma não tem outra razão a não ser o que foi feito neste país nesses 12 anos. Lembra quando criamos o Bolsa Família e eles chamaram de Bolsa Esmola?

Lula disse que a saída para os problemas do Brasil é voltar a incluir os mais pobres no orçamento, é investir no crescimento. “Esse povo ainda vai voltar a sentir orgulho de ser brasileiro”

Sobre a Unas

Discurso de João Miranda presidente de honra da Unas. Foto GIl Félix Bento

Discurso de João Miranda presidente de honra da Unas. Foto GIl Félix Bento

A UNAS – União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região é uma entidade sem fins lucrativos decretada de Utilidade Pública Federal, surgiu em meados dos anos 1980 da luta dos moradores da comunidade de Heliópolis, pelo direito à moradia e posse da terra.  Hoje, tem 50 projetos nas áreas de educação, saúde, moradia, cultura, esporte, assistência social, mulheres e LGBT. Mais de 9 mil pessoas de Heliópolis e região são beneficiadas pelas iniciativas. Em Heliópolis vivem cerca de 200 mil habitantes, a maioria de origem nordestina. Aproximadamente 40% das famílias de Heliópolis são compostas por mães e filhos, sendo a mãe a única provedora. Hoje, 90% do bairro conta com infraestrutura urbana, como serviços de água, esgoto, energia elétrica e coleta de lixo.

 

Fonte: Instituto Lula

Anúncios

SMC promove encontro “Cultura em SP: Balanço e Perspectivas” no Centro Cultural São Paulo

cultura


Neste encontro, aberto a todos os interessados, será apresentado o balanço da gestão 2013-2016 e as perspectivas para a política cultural de São Paulo

No dia 13 de dezembro, a partir das 18h, o Centro Cultural São Paulo sediará um encontro cultural aberto a todos os interessados com o objetivo de apresentar as principais ações desenvolvidas pela atual gestão entre 2013 e 2016 e as perspectivas de futuro apontadas pelo Plano Municipal de Cultura, recém-instituído pelo Decreto nº 57.484/2016. Promovido pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC), o evento terá, ainda, o lançamento de duas publicações: uma edição especial do guia EmCartaz, com os principais projetos e ações realizados nos últimos quatro anos e a publicação final do Plano Municipal de Cultura de São Paulo.

O Plano Municipal de Cultura é um documento que traz diretrizes para a política cultural na cidade de São Paulo para os próximos 10 anos. Elaborado com a participação da sociedade civil e de diversos órgãos da Prefeitura de São Paulo, o documento estabelece 20 metas e 96 ações, resultado da sistematização das contribuições recebidas de mais de 2.600 participantes ao longo dos meses de fevereiro a maio de 2016, por meio de audiências públicas regionais e temáticas, consulta pública online e reuniões intersecretariais.

A abertura do evento, às 18h, contará com a presença da Secretária Municipal de Cultura, Maria do Rosário Ramalho. A partir das 19h, será realizada uma mesa com o tema “Cultura em SP: Balanço e perspectivas”, com a coordenação da equipe do gabinete da SMC: Maurício Dantas (secretário-adjunto); Rossella Rossetto (chefe de gabinete) e Luciana Piazzon Barbosa Lima (assessora técnica).

Os temas serão apresentados segundo os eixos do Plano Municipal de Cultura:

I: Do Estado e da Participação Social
II: Do Espaço Urbano e da Infraestrutura Cultural
III: Do Patrimônio e da Memória
IV: Da Formação e da Difusão Cultural
V: Do Fomento e da Economia da Cultura

O encerramento terá um show do cantor recifense Siba, que apresentará seu mais recente trabalho, o disco “De baile solto”. Nele, o som das guitarras entrelaçadas da música congolesa, que dialoga com o Maracatu de Baque Solto, sempre presente no trabalho de Siba.

Serviço: “Cultura em SP: Balanço e Perspectivas” |Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa. Rua Vergueiro, 1.000. 18h. Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. | Não é preciso fazer inscrição prévia. Entrada gratuita.

Os dorianos. Os primeiros prefeitos regionais

dorianos

 

Campo Limpo – Heitor Sertão, tecnólogo em engenharia elétrica e engenharia civil, com MBA em Gestão Empresarial e pós-graduado em Gestão Ambiental. Atuou durante 35 anos na Sabesp. Foi Superintendente de Tratamento de Esgoto da região Metropolitana de São Paulo e foi Subprefeito de Campo Limpo e Jabaquara. Atualmente é consultor de Engenharia e Meio Ambiente.

Capela do Socorro – João Batista de Santiago, morador da Capela do Socorro desde 1968, é graduado em ciências contábeis e pós-graduado em administração contábil e controle. É professor de contabilidade e empresário dos setores educacional, tecnológico e contábil.

Casa Verde – Marcos Gadelho, arquiteto e mestre em Arquitetura e Urbanismo. Credenciado pelo Ministério das Cidades para a elaboração multidisciplinar de Planos Diretores Municipais, foi Subprefeito da Casa Verde. É autor de vários livros, entre eles: Subprefeituras e Conselho de Representantes e sócio da Gadelho & Associados.

Ermelino Matarazzo – Arthur Xavier, morador de Ermelino, é graduado em Ciências Contábeis, com especialização em Finanças e Gestão de Negócios. Aposentado como Gerente de Administração Financeira na Cesp, foi Gerente Regional São Paulo- EMTU e Subprefeito de Cidades Tiradentes. Atualmente responde pela Chefia de Gabinete da EMTU.

Freguesia do Ó – Roberto Godoy, Bacharel em Direito e Pós-Graduando em Direito Tributário, é um estudioso da Governança Municipal e do Estatuto da Metrópole. Atuou na Subprefeitura de Perus, na Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, na Câmara Municipal de São Paulo e na Assembleia Legislativa.

Ipiranga – Amândio Martins, morador do Ipiranga, Técnico em Desenho Mecânico e Transações Imobiliárias, é Engenheiro Civil com MBA Executivo para Engenheiros. Funcionário efetivo da prefeitura, já foi Subprefeito da Lapa e chefe de gabinete do Ipiranga e Jabaquara, além de secretário adjunto da secretaria de Esportes.

Itaquera – Jacinto Reyes, nascido e morador de Itaquera durante muitos anos, é médico com atuação na região. Especialista pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, pós-graduado em cirurgia do quadril e medicina desportiva. Tem grande participação comunitária, destacando-se no Conselho Comunitário de Segurança do bairro.

Jabaquara – Maria de Fátima Fernandes é graduada em psicologia, com especialização em psicodiagnóstico e psicoterapia breve. É chefe do departamento de inspeção de São Paulo da EMTU, já trabalhou na Secretaria Municipal de Participação e Parceria, na coordenadoria de Convivência, Participação e Empreendedorismo Social, na Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e na Subprefeitura da Cidade Tiradentes.

Mooca –Paulo Sergio Criscuolo, nascido e morador da Mooca, é Engenheiro Civil, administrador de empresas e advogado pós-graduado em Engenharia de Segurança. Aposentado da Sabesp, já foi Coordenador de Infraestrutura e Obras da Subprefeitura da Vila Prudente e Coordenador do Programa Córrego Limpo. Atualmente é assessor especial na Companhia Paulista de Obras e Serviços. Conselheiro do Clube Atlético Juventus e do Parque Sabesp Mooca Fiori Gigliotti.

Parelheiros – Elard Walter Biskamp é técnico em processamento de dados, com experiência de mais de 35 anos na área de TI. Atualmente é empresário no ramo de locação de máquinas e equipamentos. É integrante da AMTECI – Associação de Empresários da Região de Palhereiros e AESUL, Associação Empresarial da Região Sul.

Vila Maria – Dário José Barreto, morador e empresário da Vila Maria, é advogado e corretor de imóveis, pós-graduado em direito constitucional. Tem ampla atuação comunitária local, tendo sido Delegado Distrital, membro da Comissão de Ética da Vila Maria no Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, e membro da Diretoria do Distrital da Associação Comercial de São Paulo.

Vila Prudente – Jorge Farid Boulos Bou Chebl, morador da Vila Prudente há 58 anos, é bacharel e tem licenciatura em História. Lecionou em diversas escolas da região, com participação social junto aos Consegs, Associação Comercial, Rotary e Clube dos lojistas. Foi assessor da subprefeitura de Vila Prudente, atualmente é comerciante.

Aricanduva – Luiz Carlos Frigerio é arquiteto concursado da Prefeitura de São Paulo, onde atuou dentre outras áreas na Subprefeitura da Vila Maria. Foi assessor especial do prefeito Mário Covas, com quem trabalhou tambpem no Senado e no governo do estado. Também foi superintendente da Fiscalização de Transportes da ARTESP, onde hoje é assistente de Diretoria de Planejamento e Logística.

Butantã – Paulo Vítor Sapienza, consultor e bacharel em Direito, com especialização em direito e ciências políticas. Foi coordenador do SOS Criança no governo Mário Covas e diretor da divisão norte da Secretaria Estadual de Ação Social, além de assessor parlamentar e chefe de gabinete na Assembleia Legislativa.

Cidade Ademar – Júlio Carreiro, químico com especialização em gestão ambiental, professor universitário e voluntário em projetos sociais, foi diretor do Parque Raposo Tavares e gerente de projetos de políticas públicas na Fundação Prefeito Faria Lima – CEPAM. Atualmente é assistente técnico na diretoria de Gestão da Cetesb.

Cidade Tiradentes – Oziel Evangelista de Souza é bacharel em Sociologia e Política. Foi diretor da Casa de Cultura de Cidade Tiradentes, assessor da subprefeitura e atuou na realização das eleições dos conselhos municipais de Saúde, Juventude e Habitação. Trabalha na organização social Catavento Cultural e Educacional, onde é responsável pela implementação do projeto Fábricas de Cultura na Zona Leste.

Guaianases – Antonio Eduardo dos Santos, o Chiquinho 90, advogado com pós-graduação em gestão pública, mora no bairro há 54 anos. Foi coordenador do Programa Parceiros do Futuro na Secretaria Estadual da Educação e coordenador de Assistência e Desenvolvimento Social da Subprefeitura de Guaianases. Hoje trabalha na Casa Civil do Governo de São Paulo.

Itaim Paulista – José Denycio Pontes Agostinho, economista e empresário, atuou no movimento de emancipação política de Itaim Paulista. Foi vereador em São Paulo, secretário de várias pastas em Tangará da Serra (MT), e assistente técnico da Administração Regional de São Miguel Paulista.

Jaçanã – Alexandre Baptista Pires, formado em publicidade com pós-graduação em gestão pública e especialização em marketing político, é sócio proprietário da agência de publicidade “Elege”. Foi assessor na Câmara Municipal de São Paulo e presidente fundador do Rotaract Jaçanã.

Lapa – Carlos Fernandes, administrador de empresas, foi subprefeito da Lapa, empresário do setor gráfico, superintendente de transporte público da SPtrans, onde dirigiu o grupo de combate à fraude no Bilhete Único. Foi secretário-adjunto de Gestão do Estado e coordenou a criação de 35 unidades do Poupatempo. É coordenador de Tecnologia da Informação na Secretaria da Agricultura.

M’Boi Mirim – Rita de Cássia Corrêa Madureira, é formada em Serviço Social, com diversos cursos de especialização. Têm 40 anos de experiência na área de habitação popular, tendo atuado nos programa Guarapiranga e Mananciais, dentre outros projetos. Atualmente trabalha na Camargo Corrêa, onde responde pela ação social das obras de canalização do Córrego Ponte Baixa.

Penha – Jurandir Junqueira Junior, consultor e major da reserva da PM, condecorado com a Medalha de Mérito Pessoal Grau Máximo, é bacharel em Ciências Policiais da Segurança e Ordem Pública pela Academia do Barro Branco. Tem pós-graduação em Ouvidoria Pública e Privada e diversos cursos de especialização. Foi assessor especial da presidência da São Paulo Turismo.

Perus – Eduardo Cerveira Rosmaninho, administrador de empresas, é empresário com ampla experiência comercial no bairro há mais de duas décadas e forte atuação na Associação Comercial de São Paulo. Foi presidente da Sociedade de Amigos da Vila Jaguara por 10 anos.

Pinheiros – Paulo Mathias é formado em Gestão Pública. Foi presidente da Juventude do PSDB por duas gestões e coordenador do Programa Escola da Família da Secretaria Estadual de Educação. Foi candidato a deputado estadual em 2014 e um dos coordenadores da campanha de João Dória à Prefeitura.

Pirituba – Ivan Lima, engenheiro pós-graduado em administração, é consultor e professor universitário, com larga atuação na área de logística de empresas privadas. Foi engenheiro da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras e da EMAE. Hoje atua na Companhia Paulista de Obras e Serviços. Militante negro, foi presidente da Escola de Samba Prova de Fogo de Pirituba.

Santana – Rosmary Corrêa, delegada de polícia aposentada, implantou a primeira Delegacia de Defesa da Mulher no mundo, foi deputada estadual por quatro mandatos, secretária da Criança, Família e Bem -Estar Social e subsecretária de Assuntos Parlamentares do Governo de São Paulo. É presidente do Conselho Estadual da Condição Feminina.

Santo Amaro – Roberto Arantes Filho, bacharel em Direito, com MBA em Gestão. Foi chege de gabinete e coordenador de Relações Institucionais na Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, onde está desde 1996. Coordenou o projeto de veículo leve sobre trilhos (VLT) na Baixada Santista e os serviços de mobilidade da Copa do Mundo em 2014.

São Mateus – Fernando Elias Alves de Melo, técnico em edificações e engenheiro civil, começou como estagiário de engenharia na subprefeitura de São Mateus, onde foi engenheiro, coordenador de Planejamento e Desenvolvimento Urbano e subprefeito. Também atuou como engenheiro da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras.

São Miguel – Edson Marques, é jornalista, com mestrado em Comunicação e Tecnologias Educativas e pós-graduação em Comunicação Jornalística. Foi coordenador-geral do Gabinete da Administração Regional de Itaquera e chefe de gabinete na Subprefeitura de São Miguel. Integrou os quadros da CDHU, onde coordenou o Programa Paulista de Mutirões. É assessor parlamentar na Assembleia Legislativa.

Sapopemba – Benedito Gonçalves Pereira, bacharel em administração, ciências contábeis, direito e história, é contador na Prefeitura, com 37 anos de experiência e atuação em diversos órgãos municipais, dentre eles as secretarias de Abastecimento e de Administrações Regionais, além do Tribunal de Contas do Município.

Sé – Eduardo Odloak é técnico em edificações, administrador, com especialização em marketing. Foi subprefeito da Mooca e presidente do Conselho Estadual da Juventude. Atualmente é assessor da Presidência da EMPLASA, onde coordenou a agenda Metropolitana.

Vila Mariana – Benedito Mascarenhas Louzeiro, é jornalista e servidor da Universidade Federal de São Paulo. Trabalhou no Ministério da Educação, na Casa Civil do governo estadual e atualmente é coordenador da Assessoria de Relações Institucionais da Secretaria Estadual de Educação.