Topônimos Tupi e Guarani no Ipiranga, de Gilberto da Silva

Os povos originários nos logradouros e demais denominações públicas na subprefeitura Ipiranga

Fruto dos trabalhos desenvolvidos pelo Núcleo de Ações Afirmativas da Subprefeitura do Ipiranga, o pequeno livro Topônimos Tupi e Guarani no Ipiranga, de Gilberto da Silva feito em parceria com a Editora Gráfica Heliópolis é um levantamento das ruas e lugares no Ipiranga que que tem o nome remetido aos povos originários. O livro é prefaciado pelo ex-subprefeito Caio Luz e com posfácio do atual subprefeito Almeida.

A intenção do livrete é que ele sirva não como um dicionário ou glossário e sim como um guia inicial para entendermos um pouco mais sobre a nossa história, constitui-se de um pequeno recorte da imensidão de ruas e lugares com denominação indígena na cidade de São Paulo e, nesse sentido, é uma obra aberta podendo o leitor ir anotando novos lugares que achar necessário.

Gilberto da Silva é sociólogo formado pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo, aposentado da Prefeitura Municipal de São Paulo e graduado em jornalismo pelo FIAM. É editor da revista virtual Partes (partes.com.br) e do Canal Vitrine do Giba nas redes sociais.

O projeto contou com o apoio da Editora Gráfica Heliópolis, um projeto social que tem como objetivo viabilizar a publicação de escritores da região.

E-mail de contato: parteseditorial@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.