Mês: outubro 2019

EM ÁGUAS PROFUNDAS

No livro EM ÁGUAS PROFUNDAS, David Lynch discorre sobre as influências e o impacto da prática da meditação transcendental em sua vida e obra. Diretor e roteirista da premiada série de TV americana Twin Peaks, e autor do clássico Veludo Azul, David Lynch tornou-se adepto da prática na década de 70, ao se aproximar do movimento espiritual criado pelo guru indiano Maharishi Mahesh Yogi, que teve sua primeira onda de popularidade nos anos 60 graças a seus célebres seguidores, como John Lennon, Paul McCartney, George Harrison, Mia Farrow e Donovan.
David Lynch revela a experiência de “mergulhar em si mesmo” e de “pescar ideias” como se pescam peixes e, em seguida, como aplicar esses conceitos na televisão, no cinema e nos outros meios criativos como pintura, música e desenho. “Quanto mais você expande a consciência – a atenção – mais fundo é seu mergulho na direção dessa fonte, e maior será o peixe que pode pegar”.


Anúncios

O mito é o nada que é tudo

Fernando Pessoa
Primeiro: ULISSES

  

O mito é o nada que é tudo.

O mesmo sol que abre os céus

É um mito brilhante e mudo —

O corpo morto de Deus,

Vivo e desnudo.

Este, que aqui aportou,

Foi por não ser existindo.

Sem existir nos bastou.

Por não ter vindo foi vindo

E nos criou.

Assim a lenda se escorre

A entrar na realidade,

E a fecundá-la decorre.

Em baixo, a vida, metade

De nada, morre.
s.d.

Mensagem. Fernando Pessoa. Lisboa: Parceria António Maria Pereira, 1934 (Lisboa: Ática, 10ª ed. 1972). – 25.

12 de Outubro – Dia do Engenheiro Agrônomo

Em 12 de outubro é celebrado o Dia do Engenheiro Agrônomo. por se tratar do dia da regulamentação da profissão (decreto 23.196 de 1933).  O profissional não trabalha apenas em fazendas e sítios. Sua atuação se estende a empresas de consultoria, indústrias de fertilizantes, defensivos agrícolas, herbicidas, alimentos e até mesmo a bancos de financiamento e investimento, na fiscalização da distribuição do crédito agrícola e em formas de aperfeiçoamento das espécies vegetais e animais.

engenheiro agrônomo atua em uma área que permite múltiplas funções – desde a preparação de solo para cultivo até as atividades ligadas ao meio ambiente e ao agronegócio. Tudo depende do tipo de formação e especialização profissional. Alguns preferem se aperfeiçoar em física e matemática, uns escolhem biologia e química, outros se especializam em gestão.

Graças aos agrônomos, temos a alta produtividade das lavouras e da pecuária. Com a aplicação de técnicas avançadas, eles aprimoram e potencializam todas as atividades realizadas no campo. Enfim, são profissionais de grande valor, que colaboram com o aquecimento da economia do nosso país e o crescimento dos produtores rurais.

Segue uma dica de livro:

História das agriculturas no mundo

Do neolítico à crise contemporânea de Marcel Mazoyer, Laurence Roudart

Por que o homem tornou-se agricultor? A que picos inesperados de produtividade alguns milhões de agricultores motorizados, mecanizados e especializados chegaram ao final do século XX?
Ao retraçar a prodigiosa epopeia que vai das primeiras domesticações de plantas e animais às agriculturas diferenciadas de hoje, este livro mostra que a recente crise da economia mundial está enraizada na instauração da concorrência, que não leva em conta as heranças agrárias das diferentes regiões do mundo. Os autores propõem uma estratégia mundial capaz de desenvolver a agricultura camponesa pobre e de dar novo impulso à economia.

  • TRADUÇÃO: Cláudia F. Falluh Balduino Ferreira
  • ASSUNTOS: Agronomia / História Cultural / História Geral
  • ANO: 2010
  • ACABAMENTO: Brochura com orelhas
  • PÁGINAS: 568
  • EDIÇÃO: 1
  • ISBN: 9788571399945
  • PESO: 878g
  • FORMATO: 16 X 23

Apesar de tudo é Guardavento

Por Gilberto da Silva

“Apesar de Tudo” é o primeiro álbum da banda independente brasiliense Guardavento. O grupo foi formado entre 2017-19 e constituída por Naiça Mel (Vocal), Lídia Moreira (Teclados), Anderson Freitas (Guitarra/teclado), Humberto florim (Baixo), Yan Britto (Bateria).

O álbum que foi gravado e produzido por André Zinelli e Diego Poloni e mixado e masterizado por Diego Poloni, carrega na ausência de sons ensurdecedores e aposta nas sensações e letras bem elaboradas.

A voz de Naiça Mel é carregada com as influências que a banda traz da MPB, da world music e da música pop internacional expostas nas músicas compostas por Humberto e Anderson.

O trabalho é uma busca de identidade, num mar de obviedades que encontramos na prateleira de ofertas alucinantes da indústria cultural. Busca fugir do imprevisto buscando no tempo entre “discursos com farpas, rastros de mágoa” um “velho com gosto de novo” e revalorizar a memória e as emoções delas advindas: “o passado me fascina”.

Pautados na sonoridade contemporânea, temas como a angústia, a solidão, o destino e a melancolia são discorridos em canções marcadas pela busca da individualidade.

Intimista, “Apesar de Tudo” não é álbum para ser ouvir apenas uma vez…

No SPOTIFY